Sociedade Histórica Turca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Sociedade Histórica Turca (em turco: Türk Tarih Kurumu, TTK) é uma sociedade para estudo e pesquisa da história da Turquia e do povo turco fundada em 1931 por iniciativa de Mustafa Kemal Atatürk, com sede em Ancara, Turquia.[1]

Publicações[editar | editar código-fonte]

O instituto publica regularmente um boletim chamado Belleten.[1]

Presidentes[editar | editar código-fonte]

O primeiro presidente da instituição foi M. Tevfik Biyiklioğlu.[2]

E o mais recente foi Yusuf Halaçoğlu, que foi destituído em julho de 2008.[3] Especula-se que a decisão reflita no desejo do governo em se reaproximar da Armênia. Pouco antes da decisão, o ministro do exterior Ali Babacan cumprimentou Armen Martirossian, embaixador da Armênia na ONU, em uma recepção relacionada à adesão temporária da Turquia ao Conselho de Segurança da ONU.[4] Antes disso, o presidente armeno, Serzh Sargsyan, havia convidado o presidente turco, Abdullah Gül, para uma partida classificatória da Copa do Mundo entre as seleções dos dois países.

O sucessor de Halaçoğlu, Ali Birinci, assumiu em agosto de 2008.[5][6]

Referências

  1. a b «Short History of the Turkish Historical Society». Turkish Historical Society. Consultado em 5 de julho de 2008. Arquivado do original em 25 de julho de 2008 
  2. «Presidents» (em turco). Turkish Historical Society. Consultado em 5 de julho de 2008. Arquivado do original em 25 de julho de 2008 
  3. Özerkan, Fulya (24 de julho de 2008). «Controversial historian dismissed from office». Turkish Daily News. Consultado em 5 de julho de 2008 
  4. Demirci, Mehmet (24 de julho de 2008). «Armenian envoy attends Turkish reception at UN». Zaman. Consultado em 25 de julho de 2008. Arquivado do original em 31 de julho de 2008 
  5. «TTK Başkanı: Tarihten başka heyecanım yok». Anadolu Agency (em turco). Radikal. 4 de agosto de 2008. Consultado em 4 de agosto de 2008 
  6. «Ali Birinci new TTK president». Zaman. 2 de agosto de 2008. Consultado em 4 de agosto de 2008 [ligação inativa]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]