Sorkaktani

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Sorghaghtani Beki ou Sorkhokhtani (morreu em 1252) era esposa de Tolui, filho mais novo de Gengis Khan.[1] Ela pertencia aos Keriat, uma tribo túrquica, cujo tio, Toghrul, era rei.

Segundo a tradição Mongol, era costume a viúva do marido defunto assumir controle das suas posses até que o filho mais velho tomasse poder. Após a morte do seu marido Tolui, apesar de o seu filho mais velho Mönkhe ja ter 21 anos, Ogedei, o cã em poder, deu a Sorkaktani a autoridade para assumir controlo da de Tolui.

Sorkaktani era uma mulher perspicaz e com uma grande habilidade política levando os seus quatro filhos Möngke Khan, Kublai Khan, Hulagu Khan e Ariq Böke a tornaram-se grandes cãs.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Davis-Kimball, Jeannine.(2002) Warrior Women, An Archealogist's Search for History's Hidden Heroines. Warner Books, Inc. Page 223-226. ISBN 0-446-52546-4
  • Peter Jackson, Mongols and the West (Longman, 2005).
  • Igor de Rachewiltz, Papal Envoys to the Great Khans (Stanford University Press, 1971).
  • Jack Weatherford, Genghis Khan and the Making of the Modern World
  • Jack Weatherford - The Secret History of the Mongol Queens: How the Daughters of Genghis Khan Rescued His Empireь Crown 2010
  • Li, Tang (2006). «Sorkaktani Beki: A prominent Nestorian woman at the Mongol Court». In: Malek, Roman; Hofrichter, Peter (editors). Jingjiao: the Church of the East in China and Central Asia. [S.l.]: Steyler Verlagsbuchhandlung GmbH. ISBN 9783805005340 

Referências

  1. Stephen Andrew Missick. «The Assyrian Church in the Mongolian Empire as Observed by World Travelers in the Late 13th and Early 14th Centuries» (PDF) (em inglês). Consultado em 31 de agosto de 2011 
Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.