Madraça

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde setembro de 2011). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Um madraçal[1][2] ou uma madraça[3][4] (em árabe: مدرسة; transl.: madrsâ; em francês: médersa) é uma escola muçulmana ou uma casa de estudos islâmicos.

A palavra deriva do árabe madrsa, por vezes transliterada como madrassa ou madrasa, palavra que em árabe originalmente designava qualquer tipo de escola, secular ou religiosa (de qualquer religião), pública ou privada. Em línguas ocidentais como o inglês, o espanhol e o português, porém, é comum ser o vocábulo atualmente utilizado para se referir apenas às escolas religiosas islâmicas, também denominadas escolas corânicas.

Nessa acepção, um madraçal típico normalmente oferece duas possibilidades de estudo: hâfiz (memorização do Alcorão) e âlim (que proporciona o reconhecimento de pessoa erudita pela comunidade). No mundo islâmico influenciado pelos persas, pode ser encontrada junto à madraça uma Khanqah ou tekke.

A base curricular habitual de uma madraça inclui cursos de língua árabe e o ensino da xaria (o Direito islâmico),[5][6] tafsir (interpretação do Alcorão), hadith (narrações do profeta Maomé), mantiq (lógica) e história do Islão.

Ver também[editar | editar código-fonte]

  • Fiqh — importante matéria das madraçais
  • Tekke — construção para retiro espiritual

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

[a] ^ Os dicionários Aurélio, Houaiss e Michaelis mencionam apenas a grafia "madraçal", substantivo masculino para a tradução em português do árabe madrasá ("casa de estudos"). O Dicionário Aulete define "madraçal" como forma antiquada de escola infantil ou "casa de aposentadoria".[7]
  1. «Madraçal». Michaelis On-Line. Consultado em 28 de janeiro de 2016. Arquivado do original em 5 de fevereiro de 2016 
  2. S.A., Priberam Informática,. «Significado / definição de madraçal no Dicionário Priberam da Língua Portuguesa». www.priberam.pt. Consultado em 28 de janeiro de 2016. Arquivado do original em 6 de fevereiro de 2016 
  3. «madraça - Porto Editora». Grande Dicionário da Língua Portuguesa com Acordo Ortográfico. Consultado em 28 de janeiro de 2016 
  4. «madraça». Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. Priberam Informática 
  5. S.A., Priberam Informática,. «Significado / definição de xaria no Dicionário Priberam da Língua Portuguesa». www.priberam.pt. Consultado em 28 de janeiro de 2016 
  6. «xaria - Porto Editora». infopédia (em Grande Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora). Consultado em 28 de janeiro de 2016 
  7. «madraçal». Dicionário Caldas Aulete da Língua Portuguesa. aulete.uol.com.br 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Pryds, Darleen (2000), «Studia as Royal Offices: Mediterranean Universities of Medieval Europe», in: Courtenay, William J.; Miethke, Jürgen; Priest, David B., University and Schooling in Medieval Society, ISBN 9789004113510 (em inglês), Brill, p. 95–99, consultado em 8 de maio de 2015 
  • Evans, Alexander (fevereiro de 2006), «Understanding Madrasahs», Council on Foreign Relations. www.foreignaffairs.com, Foreign Affairs (em inglês), consultado em 8 de maio de 2015 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Madraça