Astronomia islâmica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Na história da astronomia, a astronomia islâmica ou astronomia árabe refere-se aos desenvolvimentos na astronomia realizadas no mundo islâmico, particularmente durante a Idade de Ouro Islâmica, e escritas em sua maior parte em árabe. Estes desenvolvimentos ocorreram primariamente no Oriente Médio, na Ásia Central, em Al-Andalus e no Norte da África, e posteriormente, na China e na Índia. Paralela aos desenvolvimentos realizados em outras áreas da ciência islâmica, quanto à assimilação de material estrangeiro.[1] Estes desenvolvimentos foram significantes no desenvolvimento nas astronomias indiana,[2] bizantina,[3] europeias,[4] chinesas,[5] e maliana.[6] [7]

Referências

  1. Gingerich, Owen (abril 1986). «Islamic astronomy». Scientific American [S.l.: s.n.] 254 (10): 74. Consultado em 2008-05-18. 
  2. Sharma, Virendra Nath (1995). Sawai Jai Singh and His Astronomy Motilal Banarsidass Publ. [S.l.] pp. 8–10. ISBN 8120812565. 
  3. Erro em Lua em Módulo:Citação/CS1 na linha 2140: attempt to call upvalue 'year_date_check' (a nil value).
  4. Saliba, George (Autumn 1999). «Seeking the Origins of Modern Science?». BRIIFS. Consultado em 2008-01-25. 
  5. van Dalen, Benno (2002), "Islamic Astronomical Tables in China: The Sources for Huihui li", in Ansari, S. M. Razaullah, History of Oriental Astronomy, Springer Science+Business Media, pp. 19–32, ISBN 1402006578 
  6. African Cultural Astronomy By Jarita C. Holbrook, R. Thebe Medupe, Johnson O. Urama
  7. The Timbuktu Astronomy Project
Ícone de esboço Este artigo sobre astronomia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.