The Stanford Encyclopedia of Philosophy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
The Stanford Encyclopedia of Philosophy
Fundador(es) John Perry
Lançamento 1995
Endereço eletrônico https://plato.stanford.edu/

Enciclopédia de Filosofia de Stanford (do inglês: The Stanford Encyclopedia of Philosophy - SEP) é uma enciclopédia online, colaborativa[1] e de livre acesso, projetada em 1995 por John Perry[2] (ex-diretor do centro CSLI), e retomado por Edward Zalta, o editor principal do projeto.

Com o objetivo de ser fonte confiável nos principais meios acadêmicos,[3] inicialmente o projeto foi mantido pelo "Centro de Estudo da Linguagem e da Informação" da Universidade de Stanford (do inglês Center for the Study of Language and Information). Posteriormente, devido às colaborações de outras instituições e profissionais acadêmicos, subsídios complementaram o orçamento para fins específicos de pesquisas no desenvolvimento do mesmo. A S.E.P. é mantida por uma sociedade de amigos.[4]

Conceito[editar | editar código-fonte]

Cada artigo é mantido e atualizado regularmente por um ou vários especialistas da área em questão, sendo os verbetes submetidos a revisão por pares. Um comitê de especialistas compõe o corpo editorial que avalia os artigos antes da publicação. Isso, aliado ao desenvolvimento dos motores de busca, permite aos leitores um acesso a fontes dinâmicas e confiáveis de referências bibliográficas acadêmicas.[5] Os autores da enciclopédia autorizam a Universidade de Stanford a publicar os artigos, mas continuam detendo o direito de autor sobre suas obras.[6]

A enciclopédia contempla diversas epistemologias da filosofia, como a bayesiana, a evolutiva, a feminista, a da moral, a do naturalismo, entre outras.[7]

Também são criadas referências cruzadas, a partir de softwares específicos ou mesmo por editores que monitoram os artigos. Isso permite a comparação de diferentes abordagens sobre um mesmo tema.[5]

Referências

  1. Amorim, Ricardo (20 de fevereiro de 2009). «Yochai Benkler - A internet mudou o capitalismo». Revista Época. Consultado em 22 de Agosto de 2014 
  2. «About the Stanford Encyclopedia of Philosophy - History». Consultado em 22 de Agosto de 2014 
  3. Edward N. Zalta (2014). «About the Stanford Encyclopedia of Philosophy». The Metaphysics Research Lab Center for the Study of Language and Information Stanford University. Consultado em 22 de agosto de 2014  line feed character character in |publicado= at position 29 (ajuda)
  4. Edward N. Zalta (2014). «About the Stanford Encyclopedia of Philosophy». The Metaphysics Research Lab Center for the Study of Language and Information Stanford University. Consultado em 22 de agosto de 2014  line feed character character in |publicado= at position 29 (ajuda)
  5. a b Edward N. Zalta (2014). «Editorial Board». Center for the Study of Language and Information (CSLI), Stanford University. Consultado em 22 de agosto de 2014 
  6. Stanford Encyclopedia of Philosophy Copyright Information
  7. Gomes, William. «Relações entre Psicologia e Filosofia: A psicologia filosófica». MuseuPsi - UFRGS. Consultado em 22 de Agosto de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]