State Radio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde maio de 2013). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Emblem-scales.svg
A neutralidade deste artigo ou se(c)ção foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão deste artigo.
State Radio
Informação geral
Origem Sherborn, Massachusetts
País  Estados Unidos
Gênero(s) Rock alternativo
Reggae
punk[1]
Período em atividade 2002 - atualmente
Gravadora(s) Fenway Recordings
Nettwerk
Ruff Shod Records
Afiliação(ões) Dispatch
Dukes of Funk
Chuckfayamerica
Integrantes Chad Stokes Urmston
Chuck Fay
Ex-integrantes Brian Sayers
Pete Halby
Matt Shardlow
Nikki Glaspie
Mike Najarian
Página oficial Site Oficial

State Radio é uma banda estado-unidense de rock alternativo, da cidade de Sherborn no estado de Massachusetts. Tendo como integrantes: Chadwick Stokes Urmston (Vocais e guitarra) e Chuck Fay (baixo). O primeiro álbum da banda, Us Against the Crown, foi lançado em Dezembro de 2005, seguido em 2007 por Year of The Crow. Em 2009 e 2012, foram lançados Let It Go e Rabbit in Rebellion, respectivamente.

Biografia[editar | editar código-fonte]

State Radio é uma banda atualmente baseada em Boston (também no estado de Massachusetts). Que tem como principal cantor e compositor Chad Urmston e Chuck Fay como baixista. A maior parte das músicas da banda trata de problemas sociais e políticos e pode ser musicalmente descrita como uma combinação de reggae, punk e rock. Urmston, quem saiu da banda Dispatch no alto de sua popularidade em 2002, formou a State Radio mais tarde naquele mesmo ano. Focando exclusivamente na guitarra e nos vocais, ele trouxe para a banda como segundo guitarrista Pete Halby, o baixista Chuck Fay e o baterista Mike Greenfield. Juntos lançaram o primeiro EP da banda Flag of the Shiners ainda em 2002. Durante parte de 2003 a banda ficou temporariamente em hiatus enquanto Chad Urmston se recuperava de uma cirurgia na garganta. Eles voltaram à ativa em 2004 com um novo baterista, Brian Sayers e sem o segundo guitarrista Pete Halby. Em março de 2004,lançam o segundo EP, Simmer Kane. Em dezembro do ano seguinte, finalmente chega às lojas o primeiro CD, Us Against the Crown, depois de alguns meses em uma turnê para divulgar o novo álbum, o baterista Brian Sayers é substituído por Mike Najarian. Este último que também deixou a banda em setembro de 2013. E apesar de a banda continuar sem baterista em 2014, disseram que estão "seguindo em frente".

Os dois outros CDs que vieram depois (Year of The Crow e Let it Go) se destacaram pelas letras baseadas nas preocupações dos integrantes com problemas políticos e sociais, o que foi reforçado pela participação dos mesmos em protestos e/ou ajudando as comunidades por onde passavam durante as respectivas turnês. Parte da turnê de 2010, para divulgar o álbum Let It Go, foi feita na Europa, apesar de a maior parte dos shows terem sido nos EUA.

O quarto álbum da banda, Rabbit In Rebellion, foi lançado em Outubro de 2012. Segundo o vocalista da banda este último álbum possui mais rock do que os outros já lançados, que na maior parte tinham muita influência do reggae.

Ativismo[editar | editar código-fonte]

Em 2008, Chadwick Stokes criou, junto com sua mulher Sybil Gallagher, o grupo ativista Calling All Crows, para ajudar mulheres pobres de países como Afeganistão e Sudão.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbum Ano
Us Against The Crown 2005
Year of The Crow 2007
Let it Go 2009
Rabbit Inn Rebellion 2012

Referências