State Radio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde maio de 2013). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Emblem-scales.svg
A neutralidade deste artigo ou se(c)ção foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão.
State Radio
Informação geral
Origem Sherborn, Massachusetts
País  Estados Unidos
Gênero(s) Rock alternativo
Reggae
punk[1]
Período em atividade 2002 - atualmente
Gravadora(s) Fenway Recordings
Nettwerk
Ruff Shod Records
Afiliação(ões) Dispatch
Dukes of Funk
Chuckfayamerica
Integrantes Chad Stokes Urmston
Chuck Fay
Ex-integrantes Brian Sayers
Pete Halby
Matt Shardlow
Nikki Glaspie
Mike Najarian
Página oficial Site Oficial

State Radio é uma banda estado-unidense de rock alternativo, da cidade de Sherborn no estado de Massachusetts. Tendo como integrantes: Chadwick Stokes Urmston (Vocais e guitarra) e Chuck Fay (baixo). O primeiro álbum da banda, Us Against the Crown, foi lançado em Dezembro de 2005, seguido em 2007 por Year of The Crow. Em 2009 e 2012, foram lançados Let It Go e Rabbit in Rebellion, respectivamente.

Biografia[editar | editar código-fonte]

State Radio é uma banda atualmente baseada em Boston (também no estado de Massachusetts). Que tem como principal cantor e compositor Chad Urmston e Chuck Fay como baixista. A maior parte das músicas da banda trata de problemas sociais e políticos e pode ser musicalmente descrita como uma combinação de reggae, punk e rock. Urmston, quem saiu da banda Dispatch no alto de sua popularidade em 2002, formou a State Radio mais tarde naquele mesmo ano. Focando exclusivamente na guitarra e nos vocais, ele trouxe para a banda como segundo guitarrista Pete Halby, o baixista Chuck Fay e o baterista Mike Greenfield. Juntos lançaram o primeiro EP da banda Flag of the Shiners ainda em 2002. Durante parte de 2003 a banda ficou temporariamente em hiatus enquanto Chad Urmston se recuperava de uma cirurgia na garganta. Eles voltaram à ativa em 2004 com um novo baterista, Brian Sayers e sem o segundo guitarrista Pete Halby. Em março de 2004,lançam o segundo EP, Simmer Kane. Em dezembro do ano seguinte, finalmente chega às lojas o primeiro CD, Us Against the Crown, depois de alguns meses em uma turnê para divulgar o novo álbum, o baterista Brian Sayers é substituído por Mike Najarian. Este último que também deixou a banda em setembro de 2013. E apesar de a banda continuar sem baterista em 2014, disseram que estão "seguindo em frente".

Os dois outros CDs que vieram depois (Year of The Crow e Let it Go) se destacaram pelas letras baseadas nas preocupações dos integrantes com problemas políticos e sociais, o que foi reforçado pela participação dos mesmos em protestos e/ou ajudando as comunidades por onde passavam durante as respectivas turnês. Parte da turnê de 2010, para divulgar o álbum Let It Go, foi feita na Europa, apesar de a maior parte dos shows terem sido nos EUA.

O quarto álbum da banda, Rabbit In Rebellion, foi lançado em Outubro de 2012. Segundo o vocalista da banda este último álbum possui mais rock do que os outros já lançados, que na maior parte tinham muita influência do reggae.

Ativismo[editar | editar código-fonte]

Em 2008, Chadwick Stokes criou, junto com sua mulher Sybil Gallagher, o grupo ativista Calling All Crows, para ajudar mulheres pobres de países como Afeganistão e Sudão.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbum Ano
Us Against The Crown 2005
Year of The Crow 2007
Let it Go 2009
Rabbit Inn Rebellion 2012

Referências