Sub-bacia do rio das Garças (Pernambuco)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde fevereiro de 2014). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A bacia do rio das Garças ou riacho das Garças é uma bacia hidrográfica totalmente inserida no estado de Pernambuco, no Brasil. Abrange uma área de 4.094,10 km² no oeste do estado, entre as coordenadas geográficas 08º 08’ 48” e 08º 48’00” de latitude sul, e 39º 41’ 25” e 40º 47’ 35” de longitude oeste.

O rio das Garças[editar | editar código-fonte]

O rio das Garças possui uma extensão total de 192 km. Sua nascente está no limite do Estado com o Piauí. Inicialmente é denominado riacho Caipora. A foz situa-se no rio São Francisco. A maior parte de sua direção é noroeste-sudeste.

Limites hidrográficos[editar | editar código-fonte]

Esta bacia hidrográfica limita-se ao norte com a bacia do rio Brígida, ao sul com a bacia do rio Pontal e o grupo de bacias de pequenos rios interiores 7 - GI7, a leste com o grupo de bacias de pequenos rios interiores 6 - GI6 e o rio São Francisco, e a oeste com o Estado do Piauí.

Afluentes[editar | editar código-fonte]

Os principais afluentes pela margem direita são os riachos Água Preta, das Lagoas, da Cal, do Periquito e dos Campos, e, pela margem esquerda, Mocambo, da Boa Vista, da Volta, Alegre, do Algodão e Bom Fim.

Municípios inseridos[editar | editar código-fonte]

Os municípios parcialmente inseridos nesta bacia são: Dormentes, Lagoa Grande, Ouricuri, Parnamirim, Santa Cruz (Pernambuco), Santa Filomena (Pernambuco) e Santa Maria da Boa Vista.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]