Suiriri-cavaleiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaMachetornis rixosa
SUIRIRI CAVALEIRO.jpg
Estado de conservação
Espécie pouco preocupante
Pouco preocupante (IUCN 3.1)
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Passeriformes
Família: Tyrannidae
Género: Machetornis
Espécie: M. rixosa
Nome binomial
Machetornis rixosa
(Vieillot, 1819)
Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Suiriri-cavaleiro
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Suiriri-cavaleiro
Suiriri-Cavaleiro da Barriga Amarela.
Suiriri-Cavaleiro da Barriga Amarela.
Um exemplar no lombo de um cavalo, na Baía de Assunção, no Paraguai

O Suiriri-cavaleiro (Machetornis Rixosa) também conhecido popularmente como bem-te-vi-do-gado, bem-te-vi-carrapateiro, suiriri-do-campo, bem-te-vi-cabeça-de-estaca, bem-te-vi-de-coroa, bem-te-vi-coroa, cavaleiro e suiriri, é uma espécie de ave passeriforme da família Tyrannidae. [1]

A distribuição ocorre principalmente na região Centro-leste do Brasil, desde a Venezuela até a Bolívia, Argentina e Uruguai. Seu habitat consiste em pastos, fazendas, campos, praias, parques urbanos, dunas de areia. Seu ninho é construído com graveto em arbustos.[2]

Sua coloração é amarelo, o pescoço de cor clara, a cabeça cinza e as partes superiores marrons. Podendo medir cerca de 18 cm.[3]

Sua fonte de alimentação consiste na captura de carrapatos e parasitas que se depositam sobre os animais.[4]

A manutenção das penas é essencial para a prevenção de doenças. As penas são tecidos que vão se deteriorando com o passar do tempo devido inúmeros fatores. O contato com a vegetação e com o sol é um dos motivos dessa degradação. Devido a esse processo que acontece frequentemente, as aves precisam realizar a troca das penas com certa regularidade. A maior parte das espécies substituem as penas posteriormente a reprodução. Entretanto, em outras espécies podem ter uma segunda mudança como forma de alterar a plumagem e se embelezar antes do período reprodutivo. Após a renovação das penas e até que a sucessora aconteça, as aves fazem uma manutenção diária. Quando tomam banho de água ou de areia, elas limpam a plumagem e combatem ácaros e piolhos.[5]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

O Suiriri-cavaleiro recebe esse nome devido ao costume de pousar sobre equinos e bovinos.[6] "Suiriri" é derivado do termo tupi suiri'ri[7]. Rixosa é o termo latino para "briguento"[8].

Referências

  1. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. p.248
  2. G1. «Título». G1. Consultado em 8 de agosto de 2019 
  3. pintassilgo. «Passarinhando - Suiriri-cavaleiro - Machetornis rixosa». passarinhando.com.br. Consultado em 8 de agosto de 2019 
  4. «Machetornis rixosa (Vieillot,1819). Suiriri-cavaleiro | Compêndio Online Gerson Luiz Lopes». sites.unicentro.br. Consultado em 8 de agosto de 2019 
  5. «Suiriri-cavaleiro é registrado durante cuidado com a plumagem». G1. Consultado em 8 de agosto de 2019 
  6. Passarinhóloga, por (28 de junho de 2014). «Suiriri-cavaleiro (Machetornis rixosa)». A Passarinhóloga. Consultado em 8 de agosto de 2019 
  7. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. p.1 626
  8. http://translate.google.com.br/
Ícone de esboço Este artigo sobre aves passeriformes é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.