TP-Link

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
TP-Link
Razão social TP-LINK Technologies Co., Ltd.
Nome nativo 普联技术有限公司
Privada
Slogan Reliably Smart
Atividade Hardware de rede
Fundação 1996 (1996)
Fundador(es) Zhào Jiànjūn
Zhào Jiāxīng
Sede Shenzhen, Guangdong
Área(s) servida(s) Mundial Mundo
Pessoas-chave Jeffrey Chao (Presidente)
Empregados 21,849 (Dez 2013)
Produtos Concentrador, roteador, gateway residencial, Comutador, ponto de acesso sem fio, network-Attached Storage e câmera IP
Website oficial www.tp-link.com

TP-Link (em Chinês: 普联技术; em Pinyin: pǔ lián jì shù, estilizado como tp-link), é uma fabricante global de produtos para rede de computadores com sede em Shenzhen, Guangdong, China. A TP-LINK é a maior fabricante de redes domésticas (redes SOHO) no mercado chinês.[1][2] A TP-LINK foi líder mundial na distribuição de produtos de redes sem fio no primeiro trimestre de 2013,[1] com produtos distribuídos para mais de 100 países e dezenas de milhões de clientes.

História[editar | editar código-fonte]

Sede global da TP-Link em Shenzhen, China

A TP-Link foi fundada em 1996 por dois irmãos, Zhào Jiànjūn (赵建军) e Zhào Jiāxīng (赵佳兴), com o intuito de produzir e comercializar uma placa de rede que eles tinham desenvolvido. O nome da empresa foi baseada no conceito de "conexão de cabo de par trançado (twisted pair)", uma espécie de cabeamento eletromagnético, daí o "TP" no nome da empresa.[3]

A TP-Link iniciou sua primeira expansão internacional em 2005. Em 2007, a empresa mudou-se para sua nova sede de 100.000 metros quadrados e instalações no Hi-Tech Industry Park de Shenzhen. A TP-LINK USA foi criada em 2008.[4]

Em setembro de 2016, a TP-Link revelou seu novo logotipo e slogan, "Reliably Smart"; o novo logotipo pretende retratar a empresa como uma marca destinada ao "estilo de vida", à medida que se expande para produtos domésticos inteligentes.[5][6]

Gama de produtos[editar | editar código-fonte]

Roteador TP-LINK AC1900 Wireless Dual Band Gigabit ADSL2+ Modem

Os produtos TP-Link incluem roteadores sem fio, telefones celulares, ADSL, repetidores, roteadores, switches, câmeras IP, adaptadores powerline, servidores de impressão, conversores de mídia, adaptadores sem fio e carregadores de bateria. A TP-Link também fabricou o roteador OnHub para o Google.[5] Em 2016 a empresa lançou a nova marca Neffos para smartphones.[7] A TP-Link fabrica dispositivos domésticos inteligentes sob sua linha de produtos Kasa.[8]

Fabricação[editar | editar código-fonte]

A TP-Link é uma das poucas grandes empresas de redes sem fio a fabricar seus produtos internamente, em vez de terceirizar para fabricantes de projetos originais (ODMs). A empresa diz que esse controle sobre os componentes e a cadeia de suprimentos é um importante diferencial competitivo.[9]

Vulnerabilidades[editar | editar código-fonte]

A Computerworld informou em janeiro de 2015 que o ZynOS, um firmware usado por alguns roteadores (ZTE, TP-Link, D-Link e outros), ficou vulnerável ao sequestro de DNS por um invasor remoto não autenticado, especificamente quando o gerenciamento remoto está habilitado.[10] Segundo Tim Carrington, investigador em segurança digital, em maio de 2018 foi identificado uma vulnerabilidade de nível crítico no modelo TL-WR740N em seu firmware, possibilitando que hackers usem código maliciosos de maneira remota abrindo brecha para atividades criminosas.[11]

Referências

  1. a b «TP-LINK Continues To Dominate WLAN Market Share». Mobilitytechzone.com. 9 de agosto de 2013. Consultado em 7 de março de 2014 
  2. A TP-LINK ficou em 32º lugar no ranking anual da revista Computer Partner dos 100 maiores fornecedores de TI na China, e número 1 em empresas de redes SOHO.
  3. «Network-gear firm TP-Link thinks big in US market|Across Americas|chinadaily.com.cn». Usa.chinadaily.com.cn. 5 de abril de 2013. Consultado em 7 de março de 2014. Arquivado do original em 17 de dezembro de 2013 
  4. Richard Xu (15 de setembro de 2013). «Richard Xu, Vice President - TP-Link». Businessinterviews.com. Consultado em 7 de março de 2014 
  5. a b «TP-Link Transforms From Purveyor of Fine Tools to Smart Life Enabler». CNET. Consultado em 28 de setembro de 2016 
  6. «Introducing The New TP-Link®-TP-Link Unveils Completely New Look and Brand Identity». TP-Link. Consultado em 28 de setembro de 2016 
  7. «NEFFOS PHONES». Gadgets 360 
  8. «Smart Home | TP-Link». www.tp-link.com (em inglês). Consultado em 16 de setembro de 2017 
  9. «TP-LINK Targets Aggressive U.S. Expansion, VARs Included». CRN. Consultado em 7 de março de 2014. Arquivado do original em 5 de janeiro de 2012 
  10. Constantin, Lucian (27 de janeiro de 2015). «DNS hijacking flaw affects D-Link DSL router, possibly other devices». Computerworld. Consultado em 24 de março de 2018 
  11. «Roteador TL-WR740N, da TP-Link, tem falha crítica, aponta pesquisa». TechTudo. 3 de maio de 2018. Consultado em 4 de maio de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]