Uma Tarde de Domingo na Ilha de Grande Jatte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Tarde de Domingo na Ilha de Grande Jatte
Autor Georges Seurat
Data 1884
Gênero pintura de gênero
Localização Art Institute of Chicago

Uma Tarde de Domingo na Ilha de Grande Jatte - 1884 - (fr: Un dimanche après-midi à l'Île de la Grande Jatte - 1884) - é uma pintura a óleo do francês Georges-Pierre Seurat, integrante do Movimento Impressionista, considerada sua obra mais destacada,[1] feita em pontilhismo nos anos de 1884-86. Retrata a Ilha de Grande Jatte.

Características[editar | editar código-fonte]

O quadro possui dimensões aproximadas de 2 por 3 metros (207.6 cm × 308 cm). Para sua execução Seurat empregou um novo pigmento amarelo de zinco, que é mais visível nas partes iluminadas do gramado, mas também usado nas misturas com pigmentos laranja e azul. No começo do século XX, e até antes do término da obra, o amarelo de zinco mostrava degeneração para o marrom, algo percebido ainda durante a vida de Seurat.[2]

Pertence ao acervo do Art Institute of Chicago.

Contexto da Obra[editar | editar código-fonte]

A pintura foi feita entre maio de 1884 e março de 1885 e entre outubro de 1885 e maio de 1886[3]. Na primeira fase de produção, Seurat pintou o quadro usando técnicas impressionistas e, na segunda fase, aplicou o pontilhismo, então novidade na época[4]. O quadro retrata a ilha de Grande Jatte, situada no rio Sena, próxima aos portões da cidade de Paris, na França. A imagem possui 48 pessoas, 8 barcos, 3 cachorros e um macaco. A obra foi primeiramente exposta em 1886, no salão da Société des Artistes Indépendants (Sociedade dos Artistas Independentes), a qual Seurat foi um dos fundadores[5]. A pintura se tornou célebre e inspirou entre muitos pintores impressionistas, como Claude Monet e Vincent Van Gogh.

Na Cultura Popular[editar | editar código-fonte]

A criação da obra e a vida de Georges-Pierre Seurat serviram de inspiração para um musical da Broadway de 1984 chamado Sunday in the Park with George, criado por Stephen Sondheim e James Lapine. A peça ganhou o prêmio Pulitzer de Teatro em 1985.

Trabalhos de Seurat relacionados[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Simone R. Martins e Margaret H. Imbroisi. «Impressionismo». Consultado em 13 de janeiro de 2010 
  2. Gage, John (1993). Color and Culture: Practice and Meaning from Antiquity to Abstraction (em (em inglês)). Boston: Little, Borwn. pp. 220, 224 .
  3. H. Dorra et J. Rewald, Seurat, p. 156.
  4. http://obviousmag.org/archives/2012/10/uma_tarde_de_domingo_na_ilha_de_grande_jatte.html
  5. Herbert, Robert L., Neil Harris, and Georges Seurat. Seurat and the making of La Grande Jatte. Chicago: Art Institute of Chicago in association with the University of California Press, 2004. Print.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]