Temnes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Antes da chegada de Pedro de Sintra no ano de 1460, um dos povos que habitava o território da atual república de Serra Leoa eram os Temnes, etnia que hoje representa aproximadamente um terço da população leonesa. Em sua maioria composta por seguidores do Islamismo, os Temnes dividem outro terço da população com os Mendes, compostos em sua maioria por animistas.

Segundo os registros de navegadores do início do século XVI, as primeiras relações comerciais dos portugueses com os Temnes envolvia a compra de arroz, cestos e esteiras de fibra de palmeira e itens esculpidos em marfim, como colheres, garfos, facas e saleiros[1]. Em muitos deles, os portugueses encomendavam que se esculpisse o brasão do reino ou motivos europeus, como animais de caça daquele continente[2].

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.
  1. Pereira, Pacheco. Esmeraldo de Situ Orbis. Bissau: R. Mauny, 1956.
  2. Willett, Frank. African Art. Londres: Thames & Hudson, 2002.