Tennant Creek

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Austrália Tennant Creek 
  Cidade  
Rua principal de Tennant Creek
Rua principal de Tennant Creek
Localização
Tennant Creek está localizado em: Austrália
Tennant Creek
Localização de Tennant Creek na Austrália
Mapa de Tennant Creek
Coordenadas 19° 38' 50" S 134° 11' 25" E
Estado Flag of the Northern Territory.svg Território do Norte
Características geográficas
População total 2 991 hab.
Informações

Tennant Creek é uma cidade situada no Território do Norte, na Austrália. É a sétima maior cidade do Território do Norte, e está localizada na Rodovia Stuart. De acordo com o censo demográfico australiano de 2016, Tennant Creek tinha uma população de aproximadamente 3.000 habitantes, dos quais mais de 50% (ter 1.536) identificaram-se como indígenas. A cidade está a cerca de 1000 quilômetros ao sul da capital do território, Darwin, e a 500 quilômetros ao norte de Alice Springs. Seu nome vem da proximidade com um curso d’água homônimo.

Geografia e clima[editar | editar código-fonte]

Gráfico climático de Tennant Creek

Tennant Creek está situada no centro do Território do Norte, a 376,5 metros acima do nível do mar. A média de temperaturas máximas vai 24 a 38 graus, com uma média de 22 dias por ano de temperaturas superiores 40 graus. As temperaturas mínimas 12 graus no inverno a 25 graus nos meses mais quentes. A cidade possui 181 dias ensolarados por ano. A maior parte da chuva cai durante os meses de verão, mas ocasionais tempestades ocorrem em outras épocas do ano. Precipitação média anual é de 473mm. A estação seca (Maio a outubro) em Tennant Creek é relativamente ensolarada, com noites frescas. A estação chuvosa (novembro a abril) é quente e úmido, com chuvas ocasionais.[1]

Embora Tennant Creek possua clima desértico quente (Classificação de Köppen: BWh),[2] ainda assim, a localidade recebe uma média considerável de 475 mm de precipitação anual.[3] A cidade também tem estações marcadamente úmidas e secas. As chuvas são mais frequentes durante o período de dezembro a março (verão no hemisfério sul), quando as temperaturas estão mais elevadas. As temperaturas caem durante os meses de seca, com dias ensolarados e noites amenas. Há uma média de 9,1 a 10,4 horas de sol diárias, com uma média de 155 dias por ano. Os ventos predominantes são de leste a sudeste.

Dados climatológicos para Tennant Creek (1969-2016)
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Máxima absoluta °C (°F) 45.6



(114.1)
44.5



(112.1)
42.0



(107.6)
38.4



(101.1)
36.8



(98.2)
33.6



(92.5)
34.7



(94.5)
36.0



(96.8)
39.0



(102.2)
41.6



(106.9)
43.4



(110.1)
45.4



(113.7em)
45.6



(114.1)
Média das máximas °C (°F) 36.7



(98.1)
35.7



(96.3)
34.4



(93.9)
31.7



(89.1)
27.7



(81.9)
24.5



(76.1)
24.6



(76.3)
27.5



(81.5)
31.7



(89.1)
34.9



(94.8)
36.5



(97.7)
37.1



(98.8)
31.9



(89.5)
Média das mínimas °C (°F) 24.9



(76.8)
24.4



(75.9)
23.3



(73.9)
20.4



(68.7)
16.4



(61.5)
12.9



(55.2)
12.3



(54.1)
14.4



(57.9)
18.4



(65.1)
21.8



(71.2)
23.9



(75)
24.8



(76.6)
19.8



(67.7)
Mínima absoluta °C (°F) 17.2



(63)
17.2



(63)
14.6



(58.3)
11.6



(52.9)
6.7



(44.1)
5.3



(41.5)
4.5



(40.1)
6.0



(42.8)
7.4



(45.3)
11.6



(52.9)
10.7



(51.3)
15.7



(60.3)
4.5



(40.1)
Precipitação média em mm (polegadas) 114.3



(4.5)
122.6



(4.827)
54.2



(2.134)
17.0



(0.669)
8.5



(0.335)
5.7



(0.224)
5.0



(0.197)
2.5



(0.098)
7.8



(0.307)
19.5



(0.768)
40.9



(1.61)
74.6



(2.937)
475.0



(18.701)
Média de dias de precipitação 9.9 9.3 6.0 2.0 1.6 0.9 0.7 0.7 1.9 3.7 5.7 8.1 50.5
Umidade relativa compensada (%) 32 35 29 26 26 26 22 18 17 18 21 26 25
Média diária de horas de sol 9.2 9.0 9.2 9.8 9.7 9.9 10.2 10.6 10.2 10.1 9.7 9.5 9.8
Fonte: [4]

História[editar | editar código-fonte]

Estação de telégrafo

A história colonial da região começou em 1860, quando o explorador John McDouall Stuart passou pela região durante sua primeira tentativa sem êxito para cruzar o continente australiano de Norte a Sul. Deu o nome a um riacho ao norte da cidade em homenagem a John Tennant, um financiador de sua expedição e um pecuarista de Port Lincoln, Austrália Meridional, em gratidão pela ajuda financeira que Tennant oferecera em para as expedições realizadas por Stuart em toda a Austrália.

Houve a descoberta de ouro a mais ou menos três quilômetros ao norte da atual área de cidade em 1926 por J. Smith Roberts [5] Em 1927, Charles Windley, um telegrafista, encontrou ouro no que viria a ser a primeira mina de Tennant Creek.[6] A última grande corrida do ouro na Austrália só começou quando Frank Juppurla, um aborígene local, levou o ouro para o telegrafista Woody Woodruffe, em dezembro de 1932. A população cresceu rapidamente para cerca de 600, 60 dos quais eram mulheres e crianças.[7]

A cidade de Tennant Creek localizava-se cerca de 12 km ao sul do curso d'água porque a estação telegráfica tinha um reserva de 11 kmporque o Telegráfica Terrestre Estação tinha sido atribuído mais de 11 km de reserva.

Outro importante contribuinte para a vida em Tennant Creek a senhora Weaber, esposa do cego proprietário da mina Rising Sun (Sol Nascente), Mina, uma das mais ricas minas de ouro no distrito de antes da II Guerra Mundial..Católica devota, a senhora Weaber pagou pelo transporte da antiga igreja que ficava Pine Creek até Tennant Creek em prancha por prancha de madeira. A família Weaber família deixou Tennant Creek em 1940, após uma série de tragédias familiares. Eles venderam a concessão para o que viria a ser o mais rico proprietário de minas da região no pós-guerra, Nobles Nob, antes que eles percebessem o seu potencial.[8]

A mineração de ouro foi encerrada quase completamente em Tennant Creek em 1942. A única mina a permanecer operacional foi um grande mina com a sua própria planta de britagem.[9] Durante a II Guerra Mundial, o Exército Australiano instalou o 55ª Acampamento Hospitalar Australiano perto dali. A Real Força Aérea Australiana utilizou o aeródromo da localidade como pista para pousos de emergência.

Economia[editar | editar código-fonte]

Mineração[editar | editar código-fonte]

Tennant Creek já foi a terceira maior localidade produtora de ouro na Austrália e ainda é altamente produtiva. Mais de 210 toneladas de ouro foram extraídas na região. A mina de Bootu, ao norte da cidade, exporta manganês para a China. Grandes empresas de mineração continuam a explorar bauxita, chumbo, zinco, prata e de cobre na região. Também há criação de gado, em grandes propriedades com rebanhos das raças Santa Gertrudis e gado Brahman.

Depósitos de fosfato existem em Wonarah, a 250 km a leste.[10]

Referências

  1. Tennant Creek' Climate Arquivado em 6 de abril de 2007[Erro data trocada] no Wayback Machine.
  2. «World Map of Köppen-Geiger Climate Classification» (PDF). Consultado em 4 de novembro de 2018. Arquivado do original (PDF) em 14 de janeiro de 2009 
  3. «Climate Statistics for Australian Locations» 
  4. "Climate statistics for Tennant Creek".
  5. McKeon, SENHOR, (consultoria de engenharia) 'Tennant Creek Goldfield" em Engenharia Química e Mineração de Revisão, de 10 de agosto de 1940.
  6. Pearce, Howard, Tennant Creek Locais Históricos de Estudo: Um Relatório para o National Trust da Austrália, Território do Norte, Volume 2, dezembro de 1984.
  7. «Discovering Local History at the Battery Hill Mining Centre Collaborative Museums Education Project». Northern Territory Library 
  8. «A Tennant Childhood: Kevan Weaber Remembers 1932–1940» 
  9. «A Very Short History of Tennant Creek from a Woman's Point of View». Northern Territory Library 
  10. «Minemakers: Wonarah Rock Phosphate». minemakers.com.au