The Boomtown Rats

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
The Boomtown Rats
TheBoomtownRatsKBF1981.jpg
A banda em 1981
Informação geral
Origem Dublin
País Irlanda
Gênero(s) New wave
Punk rock
Pós-punk
Período em atividade 1975-1986, 2013-presente
Gravadora(s) Mulligan Records
Ensing Records
Mercury Records
Integrantes Bob Geldof
Johnnie Fingers
Gerry Cott
Garry Roberts
Pete Briquette
Simon Crowe
Ex-integrantes Robert John "Mutt" Lange
Página oficial Site oficial

The Boomtown Rats é um grupo de punk rock/new wave liderado pelo vocalista Bob Geldof que se veio a tornar conhecido por organizar shows beneficentes, tais como Band Aid (com a intenção de ajudar as vítimas da fome na Etiópia), Live Aid, e Hands Across America (com intenção de ajudar os sem-teto dos Estados Unidos).

O seu maior êxito foi "I Don't Like Mondays", escrito a propósito do tiroteio numa escola executado por Brenda Ann Spencer, que disse tê-lo feito por não gostar das segundas-feiras ("mondays", em inglês). Por essa canção, o grupo recebeu dois Ivor Novello Awards.[1]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

  • 1997 - The Boomtown Rats
  • 1978 - Tonic for the Troops
  • 1979 - The Fine Art of Surfacing
  • 1981 - Mondo Bongo
  • 1982 - V Deep
  • 1985 - In the Long Grass
  • 2020 - Citizens of Boomtown

Outros êxitos[editar | editar código-fonte]

  • "Looking After No. 1"
  • "Mary of the Fourth Form"
  • "She's So Modern"
  • "Like Clockwork"
  • "Rat Trap"
  • "Someone's Looking at You"

Referências

  1. «I Don't Like Mondays». Songfacts.com. Consultado em 17 de abril de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Crystal Clear app kguitar.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.