The Burning Bridge

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Burning Bridge
Ponte em Chamas (BR)
Capa da edição brasileira.
Autor (es) John Flanagan
Idioma Inglês
País Austrália Austrália
Género Fantasia e Aventura
Série Rangers: Ordem dos Arqueiros
Arte de capa Austrália John Blackford
Editora Austrália Random House
Estados Unidos Penguin Books
Lançamento Austrália 5 de maio de 2005
Páginas 276
Edição portuguesa
Editora Fronteira
Edição brasileira
Editora Fundamento
Lançamento 2009
Páginas 224
ISBN 9788576762829
Cronologia
The Ruins of Gorlan
The Icebound Land

The Burning Bridge , publicado no Brasil sob o título Ponte em Chamas, é o segundo livro da série Rangers: Ordem dos Arqueiros do escritor australiano John Flanagan. É precedido por The Ruins of Gorlan e sucedido por The Icebound Land.

Foi lançado na Austrália em 5 de maio de 2005, cerca de 6 meses após o lançamento do primeiro livro. No Brasil, seu lançamento ocorreu em 2009.

Concepção[editar | editar código-fonte]

The Burning Bridge é o segundo livro da série Rangers: Ordem dos Arqueiros, que, originalmente, era apenas uma série de contos que o autor John Flanagan escreveu para seu filho.[1]

O livro introduz uma nova personagem, Evanlyn, além dos personagens já conhecidos como Will, Horace, Halt e Morgarath.

Recepção e crítica[editar | editar código-fonte]

Nos Estados Unidos, The Burning Bridge vendeu cerca de 5 milhões de cópias.[2] A própria editora do país, Penguin Books, recomenda o livro para os fãs de O Senhor dos Anéis, Eragon e As Crônicas de Gelo e Fogo.[2]

No site Skoob, as avaliações dos usuários resultaram em uma nota maior do que o primeiro livro obteve.[3] Em sua crítica publicada no site Kidsreads, Sarah A. Wood comentou que o que torna a série única é a atenção do autor para técnicas de estratégia e combate: "As cenas que envolvem combates são tão específicas que poderiam ser encenadas pelos leitores. Mesmo as seqüências de treinamento são fáceis de seguir e interessantes de ler, e ao contrário da maioria das aventuras de fantasia, os aprendizes têm muita prática antes de serem jogados para uma batalha".[4] Beth L. Meister, do site Accesss My Library, ressaltou que "Flanagan cria uma imagem bem-realizada de vida na trilha e suas dificuldades, mas suas batalhas e sua resolução parece quase que fáceis demais. Fãs do primeiro volume vão desfrutar desta aventura, mas novos leitores para a série podem não partilhar esse entusiasmo".[5]

Referências

  1. «We Interview: John Flanagan». washingtonpost.com (em inglês). Consultado em 2 de dezembro de 2012 
  2. a b «The Burning Bridge». us.penguingroup.com (em inglês). Consultado em 8 de dezembro de 2012 
  3. «Ponte Em Chamas». skoob.com.br. Consultado em 8 de dezembro de 2012 
  4. «Ranger's Apprentice: Book Two, The Burning Bridge». kidsreads.com (em inglês). Consultado em 8 de dezembro de 2012 
  5. «Flanagan, John. The Burning Bridge.(Brief article)(Children's review)(Book review)». accessmylibrary.com (em inglês). Consultado em 8 de dezembro de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]