O Nome do Vento

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de The Name of the Wind)
Ir para: navegação, pesquisa
The Name of the Wind
O Nome do Vento
Autor(es) Patrick Rothfuss
País  Estados Unidos
Género Fantasia
Série A Crônica do Matador do Rei
Lançamento 2007
Páginas 662
Edição portuguesa
Tradução Renato Carreira
Editora Gailivro
Páginas 976
Edição brasileira
Tradução Vera Ribeiro
Editora Arqueiro
Páginas 656
Cronologia
O Temor do Sábio

O Nome do Vento (em inglês: The Name of the Wind) é um livro de fantasia escrito pelo norte-americano Patrick Rothfuss, o primeiro da série intitulada A Crônica do Matador do Rei. Publicado no Brasil em 2009, pela Editora Arqueiro.[1]

Como o livro também lida com o tema da magia (Kvothe, o personagem principal, frequenta a Universidade a fim de se tornar um Arcanista), o escritor norte-americano Orson Scott Card comparou o romance à série Harry Potter; porém, mais obscura e madura. O segundo livro da série tem como título O Temor do Sábio, no Brasil, e O Medo do Homem Sábio , em Portugal, e foi lançado em março de 2011[2] nos Estados Unidos. O título do terceiro volume deverá ser The Doors of Stone (As Portas de Pedra, em tradução livre). Além destes, o autor publicou um spin off chamado The Slow Regard Of Silent Things ( A Música do Silêncio, no Brasil[3] ), em 2014, tendo como protagonista a personagem Auri.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Em seu primeiro romance - ambientado em um mundo medieval alternativo - Rothfuss conta história de Kvothe, dono da hospedaria Marco do Percurso - que leva uma vida pacata, em um vilarejo sem grandes agitações. Até o dia em que salva a vida de um cronista durante o ataque noturno de “criaturas sombrias” e o abriga em sua hospedaria. Conhecendo uma misteriosa história sobre Kvothe, o cronista se oferece para escrever uma biografia do estaleiro, que exige então três dias para contá-la e afirma que dirá “nada além da verdade”.

“O Nome Do Vento” corresponde ao primeiro dia desta narrativa, iniciando o leitor na trajetória do jovem Kvothe, um rapaz pertencente a trupe de artistas itinerantes Edema Ruh, que se envolve com um misterioso grupo chamado Chandriano, e passa a perseguir o mesmo tentando compreender a causa e os segredos envolvidos no assassinato.

Além disso, Kvothe narra o início de sua trajetória na Universidade, onde segue o seu sonho de se tornar um grande arcanista e  grande nomeador, enquanto busca informações sobre o perigoso Chandriano, vivendo inúmeras aventuras paralelas.[4]

A Magia de Rothfuss[editar | editar código-fonte]

No universo criado por Patrick Rothfuss, a magia é um aspecto recorrente e se apresenta de variadas formas, como seres fantásticos, e por determinadas “ciências” que apenas fazem sentido neste mundo, como a prática da “simpatia”, “siglística”, “nomeação” e outras mais próximas da nossa realidade como a “ficiaria” (os ártifices e inventores) e a “iátrica” (medicina).

A magia neste livro é muito semelhante a ciência da realidade, por ser regida por regras, técnicas muito específicas e limites estabelecidos pelo estudo e experiências. Este é considerado um dos “pontos altos” de Rothfuss: a criação de uma magia explicada, portanto “possível”, mas com elementos do fantástico.

Prêmios[editar | editar código-fonte]

  • Writers of the Future (2002)
  • Quill Award (2007)
  • Best Books of the Year (2007) - Publishers Weekly - Science Fiction/Fantasy/Horror
  • Best Book of 2007 - FantasyLiterature.net

Referências

  1. «Editora Arqueiro». www.editoraarqueiro.com.br. Consultado em 24 de fevereiro de 2016 
  2. «I said I'd tell you when I knew….». Consultado em 5 de setembro de 2010 
  3. «Editora Arqueiro». www.editoraarqueiro.com.br. Consultado em 24 de fevereiro de 2016 
  4. A Crônica do Matador do Rei- Vol. I O Nome do Vento. [S.l.: s.n.] 2009  |nome1= sem |sobrenome1= em Authors list (ajuda)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]