The Real Me

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

"The real me" (tradução portuguesa: "O verdadeiro Eu" foi a canção que representou a Irlanda no Festival Eurovisão da Canção 1989, interpretada Kiev Connolly (nome verdadeiro: Caomh Connoly) & The Missing Passengers. Foi a terceira canção a ser interpretada na noite do festival a seguir à canção israelita "Derekh Hamelekh", interpretada por Gili & Galit e antes da canção neerlandesa "Blijf zoals je bent", interpretada por Justine. No final, a canção irlandesa terminou em 18.º lugar, recebendo um total de 21 pontos. Foi a pior classificação daquele país no evento até então.


Autores[editar | editar código-fonte]

  • Letrista: Kiev Connolly
  • Compositor: Kiev Connolly
  • Orquestrador: Noel Kelehan


Letra[editar | editar código-fonte]

Canolly canta sobre a sua amante que o deixa. Ele explica o que ela vê "é o verdadeiro Eu" e que lea precisa de partir. O fa(c)to e ela partir implica que ela é eleita para partir. No fim Connoly beija a vocalista da banda, simbolizando a partida dela.


Fontes e ligações externas[editar | editar código-fonte]



Ícone de esboço Este artigo sobre uma canção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Portal A Wikipédia possui o
Portal da Música

República da Irlanda "The Real Me", canção da Irlanda no Festival Eurovisão da Canção 1989.