Theatre of Blood

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Theatre of Blood
Matar ou não matar... (PT)
As sete máscaras da morte (BR)
 Reino Unido
1973 •  cor •  104 min 
Direção Douglas Hickox
Roteiro Anthony Greville-Bell (roteiro),
Stanley Mann & John Kohn (ideia)
Elenco Vincent Price
Diana Rigg,
Ian Hendry
Género Horror
Humor negro
Idioma Inglês
Página no IMDb (em inglês)

Theatre of Blood (br.: As sete máscaras da morte / pt.: Matar ou não matar...) é um filme britânico de 1973 do gênero "Horror" com humor negro, dirigido por Douglas Hickox. As locações foram em Londres.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Edward Kendall Sheridan Lionheart se considera o maior intérprete teatral de Shakespeare da atualidade. Dado como morto, ele começa a assassinar um grupo de críticos que o arruinara ao humilhá-lo quando da entrega do conceituado prêmio do "Círculo de Críticos", pois preferiram como "melhor ator do ano" um iniciante. Ajudado por um bando de mendigos bêbados e usando as ruinas de um teatro londrino como esconderijo, ele desenvolve seus planos enquanto o Inspetor Boot e seus policiais tentam de todas as maneiras pararem seus crimes.

Adaptação teatral[editar | editar código-fonte]

O filme foi adaptado para o teatro pela companhia britânica Improbable, com Jim Broadbent como Edward Lionheart e Rachael Stirling como a filha Edwina, com o nome mudado para Miranda. A peça traz outras diferenças em relação ao filme pois a ação se passa toda num teatro abandonado. As mortes foram reduzidas e os personagens de policiais foram removidos. As mortes baseadas em Otelo e Cymbeline foram omitidas, presumindo-se devido a ocorrerem fora do teatro. A adaptação foi em Londres no Teatro Nacional entre maio e setembro de 2005 e recebeu críticas mistas.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]