Theodosia Meade, Condessa de Clanwilliam

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Theodosia
Retrato por Thomas Gainsborough
Condessa de Clanwilliam
Reinado 20 de julho de 177619 de outubro de 1800
Viscondessa de Clanwilliam
Reinado 17 de novembro de 176620 de julho de 1776
 
Cônjuge John Meade, 1.° Conde de Clanwilliam
Nascimento 5 de setembro de 1743
Morte 2 de março de 1817 (73 anos)
  Brighton, Inglaterra
Enterro Igreja Preston, Lancashire, Inglaterra
  3 de março de 1797
Pai Robert Hawkins-Magill
Mãe Ann Bligh

Theodosia Meade (nascida Theodosia Hawkins-Magill; 5 de setembro de 1743Brighton, 2 de março de 1817)[1][2] foi uma aristocrata e herdeira britânica. Ela foi condessa de Clanwilliam pelo seu casamento com John Meade, 1.° Conde de Clanwilliam.

Família[editar | editar código-fonte]

Theodosia foi a única filha de Robert Hawkins-Magill, membro do Parlamento pelo Condado de Down, e de Ann Bligh, sua segunda esposa. Os seus avós paternos eram John Magill, alto xerife do Condado de Down e Rose Colville. Os seus avós maternos eram John Bligh, 1.° Conde de Darnley e Theodosia Hyde, 10.ª Baronesa Clifton.

Ela teve um meio-irmão mais velho, John Hawkins-Magill, filho da primeira esposa de seu pai, Rachael Skeffington. Já pelo segundo casamento de sua mãe com Bernard Ward, 1.° Visconde Bangor, ela teve quatro meio-irmãos: Georgiana Charlotte Emilia; Nicholas Ward, 2.° Visconde Bangor, considerado um lunático; Edward, marido de Arabella Crosbie, e Robert, um coronel, foi casado duas vezes.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Aos 21 anos de idade, Theodosia casou-se com John Meade, em 29 de agosto de 1765, então o 4.° baronete Meade de Ballintubber, e herdeiro de Sir Robert Meade e de Catherine Prittie.

As propriedades do casal, juntas, valiam £14.000 por ano, o que os tornavam os décimo primeiro maiores proprietários de terra da Irlanda. [3] O casal teve oito filhos, quatro meninos e quatro meninas.

Theodosia pintada por Joshua Reynolds, em 1765. Retrato presente no Ulster Museum.

Em 17 de novembro de 1766, ela tornou-se viscondessa de Clanwilliam. Quase uma década depois, com a ascensão do marido, virou condessa de Clanwilliam, em 20 de julho de 1776.

A condessa morava em Gill Hall e em Burrenwood, na cidade de Castlewellan, no meio do caminho até a casa de sua mãe, Ann e de seu segundo marido, Bernard Ward, em Castle Ward.

Theodosia ficou viúva com a morte do marido, em 19 de outubro de 1800.

A nobre faleceu no dia 2 de março de 1817, aos anos de idade, e foi sepultada no dia seguinte, na Igreja Preston, em Lancashire.

Descendência[editar | editar código-fonte]

  • Anne Meade, esposa de John Whaley, com quem teve duas filhas;
  • Richard Meade, 2.° Conde de Clanwilliam (10 de maio de 1766 — 3 de setembro de 1805), foi primeiro marido de Caroline, Condessa Thun, com quem teve três filhos, e depois foi casado com Margaret Irene Sarney, mas não teve mais filhos;
  • Catherine Meade (c. 1769 — 1793), esposa de Richard Wingfield, 4.° Visconde Powerscourt, com quem teve três filhos;
  • Robert Meade (29 de fevereiro de 1722 — 11 de julho de 1852), coronel do 12.° Regimento. Foi casado com Anne Louise Dalling, com quem teve seis filhos;
  • John Meade (c. 1774 - 6 de agosto de 1849), tenente-general. Foi casado com Urania Caroline Ward, com quem teve um filho;
  • Pierce Meade (21 de novembro de 1776 - 22 de novembro de 1834), arcediago de Dromore. Foi marido de Elizabeth Percy, com quem teve dois filhos;
  • Theodosia Sarah Frances Meade (n. c. 1777), esposa do general John Francis Cradock, 1.° Barão Howden de Howden e Grimston, com quem teve um filho;
  • Melosina Adelaide Meade (c. 1781 - 26 de março de 1866), esposa de John Chambré Brabazon, 10.° Conde de Meath, com quem teve seis filhos.

Referências

  1. «The Peerage». thepeerage.com 
  2. «Wiki Tree». wikitree.com 
  3. «Alchetron». alchetron.com