1766

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
SÉCULOS: Século XVIISéculo XVIIISéculo XIX
DÉCADAS: 17101720173017401750176017701780179018001810
ANOS: 17611762176317641765176617671768176917701771
Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikisource Textos originais no Wikisource

1766 em outros calendários
Calendário gregoriano 1766
MDCCLXVI
Ab urbe condita 2519
Calendário arménio 1215 – 1216
Calendário chinês 4462 – 4463
Início a 9 de fevereiro
Calendário judaico 5526 – 5527
Calendários hindus
- Vikram Samvat
- Shaka Samvat
- Kali Yuga

1821 – 1822
1688 – 1689
4867 – 4868
Calendário persa 1144 – 1145
Calendário islâmico 1180 – 1181
Calendário rúnico 2016

1766 (MDCCLXVI, na numeração romana) foi um ano comum do século XVIII do actual Calendário Gregoriano, da Era de Cristo, e a sua letra dominical foi E (52 semanas), teve início a uma quarta-feira e terminou também a uma quarta-feira.

Eventos[editar | editar código-fonte]

O antigo noviciado jesuíta da Cotovia é inaugurado como Real Colégio dos Nobres pelo rei dom José I em 1766. No século XIX foi substituído pela Escola Politécnica de Lisboa e no século XX a Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e hoje é a sede do Museu Nacional de História Natural e da Ciência.

Fevereiro[editar | editar código-fonte]

Março[editar | editar código-fonte]

Maio[editar | editar código-fonte]

Junho[editar | editar código-fonte]

  • 25 de junho - É publicada em Portugal a carta da lei limitadora do direito de testar, a qual protege os herdeiros legítimos contra as fraudulentas e ímpias negociações dos testamentos.

Julho[editar | editar código-fonte]

  • 1 de julhoJean-François de la Barre, um jovem nobre francês, é torturado e decapitado antes de seu corpo ser queimado em uma pira junto com uma cópia do Dictionnaire philosophique de Voltaire pregado em seu torso pelo crime de não saudar uma procissão religiosa católica em Abbeville, França.
  • 3 de julho - Alvará português que determina sob a forma de proceder aos aforamentos dos baldios a bem dos concelhos. Transfere para as câmaras, nos concelhos onde os donatários não tinham o direito de os aforar, maninhos e logradouros comuns. Exige-se consulta à Mesa do Desembargo do Paço para fazer novos aforamentos de baldios, a fim de evitar os abusos e compadrios nos aforamentos que eram feitos por pensões diminutas.
  • 30 de julho - Carta régia que proíbe, no Brasil, as indústrias de ourives, fiadores de ouro, de sedas e algodões tecidos.

Agosto[editar | editar código-fonte]

Outubro[editar | editar código-fonte]

  • 14 de outubro - Alvará português estabelecendo as formas como os donatários deverão requerer cartas de confirmação das doações dos bens da coroa.

Dezembro[editar | editar código-fonte]

  • 20 de dezembro - São incorporadas na Coroa Portuguesa todas as saboarias do Reino. O conde Castelo Melhor, que perde o monopólio, é compensado com o título de marquês e importantes bens fundiários.

Política, Economia, Direito e Educação[editar | editar código-fonte]

Ciência e Tecnologia[editar | editar código-fonte]

Filosofia e Religião[editar | editar código-fonte]

Pintura, Escultura e Arquitectura[editar | editar código-fonte]

Música[editar | editar código-fonte]

Nascimentos[editar | editar código-fonte]

Por tema

Referências

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre 1766