Thomas Savundaranayagam

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Thomas Savundaranayagam.jpg

Thomas Savundaranayagam (Kayts, Sri Lanka, 22 de julho de 1938) é um clérigo católico romano e bispo emérito de Jaffna.[1]

Thomas Savundaranayagam foi ordenado sacerdote para a Diocese de Jaffna em 21 de dezembro de 1963.

O Papa João Paulo II o nomeou Bispo de Mannar em 24 de janeiro de 1981. O bispo de Jaffna, Jacob Bastiampillai Deogupillai, o consagrou bispo em 30 de julho do mesmo ano; Co-consagradores foram Nicholas Marcus Fernando, Arcebispo de Colombo, e Frank Marcus Fernando, Bispo de Chilaw.

Em 6 de julho de 1992 foi nomeado Bispo de Jaffna. O Papa Francisco aceitou sua aposentadoria em 13 de outubro de 2015.[2]

Savundaranayagam é um forte ativista dos direitos tâmeis no Sri Lanka e dos esforços humanitários no que às vezes é chamado de "Tamil Eelam".[3][4] Ele pediu a intervenção internacional para parar o conflito no Sri Lanka.[5]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Thomas Savundaranayagam

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre Episcopado (bispos, arcebispos, cardeais) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.