Thorn (letra)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
A runa que deu origem à letra
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Ϸ.

Thorn ou þorn (Þ,þ) é uma letra usada no alfabeto anglo-saxão antigo, gótico, norueguês antigo, sueco antigo e em vários alfabetos islandeses modernos, bem como alguns dialetos do inglês médio. Também foi usado na Escandinávia medieval, mas foi posteriormente substituído pelo dígrafo th, exceto na Islândia, onde sobrevive.

É pronunciado como uma fricativa dental surda [θ] ou a contrapartida sonora dela [ð]. No entanto, no islandês moderno, é pronunciado como uma fricativa alveolar não sibilante lamelar sem som [θ̠],[1][2] semelhante à palavra thick inglesa, ou uma fricativa alveolar não sibilante (geralmente apical) [ð̠],[1][2] semelhante a th como na palavra inglesa "thick". O uso islandês moderno geralmente exclui o último, que é representado com a letra eth ⟨Ð, ð⟩; no entanto, [ð̠] pode ocorrer como um alofone de /θ̠/ e escrito ⟨þ⟩, quando aparece em um pronome ou advérbio átono após um som sonoro.[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Pétursson (1971), citado em Ladefoged & Maddieson (1996):145
  2. a b Ladefoged & Maddieson 1996, pp. 144–145.
  3. Einarsson, Stefán (1949). Icelandic: Grammar, Texts, Glossary. Baltimore: The Johns Hopkins Press. pp. 22–23 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Ladefoged, Peter; Maddieson, Ian (1996). Oxford: Blackwell, ed. The Sounds of the World's Languages. [S.l.: s.n.] ISBN 978-0-631-19815-4