Tito Lucrécio Tricipitino

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tito Lucrécio Tricipitino
Cônsul da República Romana
Consulado 508 a.C.
504 a.C.

Tito Lucrécio Tricipitino em latim: Titus Lucretius Tricipitinus) foi um político e líder militar da gente Lucrécia nos primeiros dias da República Romana. Por duas vezes, em 508 e 504 a.C., foi eleito cônsul, nas duas vezes em conjunto com Públio Valério Publícola. Foi pai de Lúcio Lucrécio Tricipitino, cônsul em 462 a.C.

História[editar | editar código-fonte]

Lucrécio foi eleito pela primeira vez ao consulado em 508 a.C. com Publícola[1], que já estava em seu segundo mandato. Durante seu consulado, ocorreu um censo dos cidadãos romanos e foi criado um imposto de guerra[2]. Roma foi atacada pelos etruscos liderados por Lars Porsena, que cercou Roma, e em cuja narrativa se insere o lendário episódio de Horácio Cocles, Múcio Cévola, Hermínio e Espúrio Lárcio na defesa da Ponte Sublício. Os dois cônsules, exímios líderes militares, conseguiram evitar novos raides dos invasores etruscos. O cerco, segundo o relato romano, terminou com um tratado de paz com a cidade de Clúsio sem que Tarquínio, o Soberbo, conseguisse seu objetivo de recuperar o poder.

No ano seguinte, durante o terceiro consulado de Públio Valério e o segundo de Marco Horácio Púlvilo, Lucrécio lutou contra os etruscos que atacaram Roma, mais uma vez sob o comando de Porsena[3], terminando ferido na batalha[4].

Lucrécio foi eleito novamente, por volta de 504 a.C.[5], e mais uma vez com Publícola. Durante seu mandato, os dois conduziram com sucesso a guerra contra os sabinos na Batalha de Fidenas e, ao retornarem a Roma, celebraram um triunfo[6], apesar de os Fastos Triunfais reportarem apenas o nome de Valério.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Cônsul da República Romana
SPQR.svg
Precedido por:
Marco Horácio Púlvilo (suf.)
com Públio Valério Publícola (suf.)



Tito Lucrécio Tricipitino
508 a.C.

com Públio Valério Publícola II





Sucedido por:
Públio Valério Publícola III
com Marco Horácio Púlvilo II



Precedido por:
Marco Valério Voluso
com Públio Postúmio Tuberto



Públio Valério Publícola IV
504 a.C.

com Tito Lucrécio Tricipitino II





Sucedido por:
Agripa Menênio Lanato
com Públio Postúmio Tuberto II




Referências

  1. Lívio, Ab Urbe Condita II, 9, 1.
  2. Dionísio de Halicarnasso, Antiguidades Romanas V, 20
  3. Dionísio de Halicarnasso, Antiguidades Romanas V, 22, 4-5
  4. Dionísio de Halicarnasso, Antiguidades Romanas V, 23, 1
  5. Dionísio de Halicarnasso, Antiguidades Romanas V, 40.
  6. Lívio, Ab Urbe Condita II, 16, 6.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Tito Lucrécio Tricipitino
  • Broughton, T. Robert S. (1951). The Magistrates Of The Roman Republic. Vol. 1: 509 B.C. - 100 B.C.. (em inglês). Cleveland, Ohio: Case Western Reserve University Press