Toldo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Toldo (desambiguação).
Toldo de jardim.

Um toldo é uma cobertura secundária fixada à fachada de um edifício, que serve para proteger do sol, do vento e da chuva. É tipicamente composta por uma lona de fibra acrílica, algodão ou poliéster, que é esticada sobre uma estrutura leve feita de alumínio, ferro, aço ou madeira. A configuração desta estrutura é uma espécie de treliça ou caixilho. Também é frequente a utilização de toldos em chapa de alumínio em casos em que a utilização de toldos de lona não é prática, como quando o peso da neve ou a força do vento são factores a ter em conta.[1]


Os toldos são geralmente colocados sobre uma janela ou porta, ou sobre a área ao longo de um passeio. Com a adição de colunas nos seus cantos, um toldo torna-se num dossel, que é capaz de se estender para mais longe da fachada do edifício, como por exemplo no caso da entrada de um hotel.

Os toldos foram utilizados em sua forma inicial para proteger os alimentos e carnes nas feiras inicialmente na Índia e posteriormente nos países onde, hoje é denominado Oriente Médio.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «O que é toldo». Site Colégio de Arquitetos. 15 de fevereiro de 2009. Consultado em 24 de outubro de 2018. 

Notas

  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em inglês, cujo título é «Awning», especificamente desta versão.
Ícone de esboço Este artigo sobre arquitetura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.