Toru Kumon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Toru Kumon
Nascimento 26 de março de 1914
Kochi
Morte 25 de julho de 1995
Osaka
Cidadania Japão
Alma mater
Ocupação matemático

Toru Kumon (公文 公 Kumon Tooru?) Kochi, 26 de março de 1914Osaka, 25 de julho de 1995) foi um professor de matemática e criador do Método Kumon.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Licenciou-se na Faculdade de Ciências da Universidade Imperial de Osaka em matemática, serviu como professor da Marinha japonesa durante a Segunda Guerra Mundial, e lecionou em várias escolas de ensino médio na cidade de Osaka.[1] Em 1954, seu filho mais velho, Takeshi, passara a apresentar dificuldades em matemática. Pressionado por sua esposa, Teiko, Toru analisou os livros de estudos de Takeshi e concluiu que crianças não eram capazes de estudar adequadamente por eles, pois não apresentavam uma organização sistemática de estudos, além de serem desinteressantes. A partir disso, ele começou a preparar exercícios autoinstrutivos todos os dias para seu filho, de forma que Takeshi aprendesse de acordo com o ritmo de sua aprendizagem e estudasse conteúdos avançados em relação a sua série escolar. Ainda na sexta série do ensino fundamental, Takeshi era capaz de resolver problemas de cálculo diferencial e integral, assuntos estudados apenas no ensino médio. Esse foi o começo do Método Kumon.[2]

Vendo os resultados do progresso de Takeshi, outros pais se interessaram pelo Método Kumon, e em 1956, a primeira unidade do Kumon foi aberta em Osaka, Japão. Dois anos depois, Toru fundou o Kumon Instituto de Educação, o qual se tornou o modelo para todas as unidades do Kumon que foram abertas pelo mundo ao longo das décadas.

O Método Kumon consiste no treino diário para o domínio da matemática e habilidades da língua pátria. Tal método também visa desenvolver uma elevada capacidade de estudos nos estudantes, de forma que eles busquem a informação por si próprios e corrijam seus próprios erros, além de estudar conteúdos avançados em relação a sua série escolar.

O estudante do Método só é capaz de progredir quando demonstra o domínio dos assuntos estudados. O Método define tal domínio como a capacidade de marcar uma excelente pontuação em um tempo padrão de resolução. Para isso, o Método enfatiza os conceitos de rapidez e exatidão, quando combinados.

Kumon morreu aos 81 anos, em 25 de julho de 1995, de pneumonia. Visitou o Brasil em 1994, e participou da inauguração do Kumon América do Sul.[3]

O Asteróide 3569 Kumon fora nomeado em sua homenagem.[4]

Referências

  1. «The Birth of Kumon: The Story of Toru Kumon». Kumon Group. Consultado em 27 de abril de 2016 
  2. Kumon, Toru (2001). O Estudo Gostoso de Matemática - O Segredo do Método Kumon. Brasil: Ediouro. p. 128. ISBN 9788500003950 
  3. «História do Kumon». Kumon Brasil. Consultado em 27 de abril de 2016 
  4. Schmadel, Lutz (2003), Dictionary of Minor Planet Names, Volume 1, ISBN 9783540002383, Springer Science & Business Media, p. 300 .
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.