Tráfego web

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Exemplo de estatísticas do tráfego Web da Wikipédia em Dezembro de 2004.

O tráfego Web é a quantidade de dados enviados e recebidos pelos visitantes de um sítio Web. O tráfego Web é determinado pelo número de visitantes e pelo número de páginas Web e ficheiros visitados.[1][2]

A medição do tráfego Web permite avaliar a popularidade dos sítios Web e de páginas individuais ou secções de um portal.[3][4]

O tráfego Web pode ser analisado com base em estatísticas geradas automaticamente pelo servidor:[2][4]

  • O número de hits é incrementado sempre que um ficheiro é visto. Uma página Web é considerada um ficheiro, mas as imagens também são ficheiros, pelo que, uma página com cinco imagens pode gerar seis hits (5 imagens + 1 página).
  • O número de vistas de página é incrementado quando um visitante visualiza uma página do sítio Web. Um visitante gera sempre uma ou mais vistas de página.
  • O número de visitantes originais é incrementado quando um número de IP diferente visita o sítio Web durante um determinado período.

A informação estatística recolhida pode ser organizada, por exemplo, das seguintes formas:[2][4]

  • Número de visitantes.
  • Média de vistas de página por utilizador (uma média elevada indica que os utilizadores exploram o sítio em profundidade quer pela utilidade dos conteúdos quer, pelo contrário, pela dificuldade de localizar a informação desejada).
  • Tempo médio de visita por utilizador de sítio Web.
  • Tempo média da visualização de página.
  • Domain classes.
  • Hora de ponta (hora em que ocorrem mais visitas ao sítio Web; utilizado para o planeamento campanhas promocionais ou, inversamente para manutenção).
  • Páginas mais solicitadas (mais populares).
  • Páginas de entrada mais solicitadas.
  • Páginas de saída mais utilizadas.
  • Top paths.
  • Referrers.

Sítios Web como o Alexa Internet geram estatísticas de tráfego e rankings Web com base apenas no universo de utilizadores da barra Alexa. Os sítios Web mais importantes utilizam geralmente os serviços de empresas especializadas como a Nielsen Netratings.[5][6]

Referências

  1. Jeffay, Kevin. «Tracking the Evolution of Web Traffic: 1995-2003*» (PDF). UNC DiRT Group's Publications. University of North Carolina at Chapel Hill 
  2. a b c «Bush Campaign Web Site Rejects Non-US Visitors». Netcraft News (em inglês). Consultado em 24 de outubro de 2022 
  3. «The CERT Division | Software Engineering Institute». www.sei.cmu.edu (em inglês). Consultado em 24 de outubro de 2022 
  4. a b c Vranica, Suzanne. «The Secret About Online Ad Traffic: One-Third Is Bogus». WSJ (em inglês). Consultado em 24 de outubro de 2022 
  5. «What is Hypertext Transfer Protocol Secure (HTTPS)?». SearchSoftwareQuality (em inglês). Consultado em 24 de outubro de 2022 
  6. Finley, Klint. «Half the Web Is Now Encrypted. That Makes Everyone Safer». Wired (em inglês). ISSN 1059-1028. Consultado em 24 de outubro de 2022 
Ícone de esboço Este artigo sobre telecomunicações é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.