Trigona

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Trigonini)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde março de 2019). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Pode encontrar ajuda no WikiProjeto Abelhas do Brasil.
Se existir um WikiProjeto mais adequado, por favor corrija esta predefinição. Este artigo está para revisão desde março de 2019.
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde março de 2019).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.


Como ler uma infocaixa de taxonomiaTrigona
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Arthropoda
Classe: Insecta
Ordem: Hymenoptera
Família: Apidae
Género: Trigona
Jurine, 1807
Espécies
ver texto

Trigona é um gênero de abelha sem ferrão encontrado no Neotrópico, do México ao Brasil e Argentina.[1]

Espécies catalogadas do gênero Trigona[editar | editar código-fonte]

Distribuição[editar | editar código-fonte]

Região Neártica: México (Campeche, Chiapas, Colima, Distrito Federal, Guerreiro, Jalisco, Michoacán de Ocampo, Nayarit, Oaxaca, Puebla, Quintana Roo, Tabasco, Veracruz-Llave, Yucatán);

Região Neotropical: Argentina (Misiones); Belize (Belize, Cayo, Corozal); Bolívia (Cochabamba, El Beni, La Paz, Pando, Potosí, Santa Cruz); Brasil (Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Paraíba, Pará, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, Sergipe, São Paulo, Tocantins); Colômbia (Amazonas, Antioquia, Bolívar, Boyacá, Caquetá, Cauca, Chocó, Cundinamarca, Córdoba, Guiana, Guaviare, Madalena, Meta, Santander, Sucre, Tolima, Vale do Cauca, Vaupés, Vichada); Costa Rica (Alajuela, Cartago, Guanacaste, Heredia, Limón, Puntarenas, San José); Cuba; Equador (Azuay, Cañar, Chimborazo, El Oro, Esmeraldas, Guayas, Loja, Manabi, Morona Santiago, Napão, Pastaza, Pichincha, Sucumbíos); El Salvador (Sonsonate); Guiana Francesa (Caiena, Kourou, Sinnamary); Guatemala (Alta Verapaz, Chimaltenango, Chiquimula, Escuintla, Guatemala, Izabal, Quezaltenango, Retalhuleu, Santa Rosa, Suchitepéquez, Zacapa); Guiana (Barima-Waini, Cuyuni-Mazaruni, Demerara-Mahaica, Mahaica-Berbice, Potaro-Siparuni, Upper Demerara-Berbice, Upper Takutu-Upper Essequibo); Honduras (Atlántida, Choluteca, Colón, Cortés, Francisco Morazán, Olancho, Valle, Yoro); México; Nicarágua (Atlántico Sur, Carazo, Chinandega, Chontales, Manágua); Panamá (Bocas del Toro, Chiriquí, Coclé, Colón, Darién, Herrera, Los Santos, Panamá, San Blas, Veraguas); Zona do Canal do Panamá; Paraguai (Alto Paraná, Caaguazú, Caazapá, Central, Itapúa, Misiones, Neembucú); Peru (Amazonas, Ayacucho, Cajamarca, Huánuco, Junín, La Libertad, Lima, Loreto, Madre de Dios, Pasco, San Martín, Ucayali); Suriname (Brokopondo, Marowijne, Pará, Saramacca, Wanica); Trinidad e Tobago; Venezuela (Amazonas, Aragua, Barinas, Bolívar, Distrito Federal, Guárico, Monagas, Yaracuy)

Referências

  1. J. M. F. Camargo & S. R. M. Pedro, 2013. Meliponini Lepeletier, 1836. In Moure, J. S., Urban, D. & Melo, G. A. R. (Orgs). Catalogue of Bees (Hymenoptera, Apoidea) in the Neotropical Region - online version. Available at http://www.moure.cria.org.br/catalogue. Accessed Nov/23/2018
  2. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 154.
  3. Camargo, J. M. F. & Pedro, S. R. M. (2007). Meliponini Lepeletier, 1836 pp. 272-578 in Moure, J. S., Urban, D. & Melo, G. A. R. (ed.) Catalogue of Bees (Hymenoptera, Apoidea) in the Neotropical Region. Curitiba: Sociedade Brasileira de Entomologia xiv + 1058 pp. [570] (designation of the lectotype by Claus Rasmussen, 29.III.2006, in litt.)
  4. Catalogue of hymenopterous insects in the collection of the British Museum, Part 2. Apidae. London: British Museum 199-465 pp. [411] (Probably one species of Trigona cilipes (Fabricius) group

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Biologia/Abelhas/Abelhas sem ferrão, em revisão pelo Projeto Abelhas do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.