Wickie auf großer Fahrt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Wickie auf großer Fahrt
Wickie auf großer Fahrt
Vickie e o Tesouro dos Deuses (PRT)
Wickie e o Segredo dos Deuses (BRA)
Cartaz promocional do filme.
 Alemanha
2011 •  cor •  96 min 
Direção Christian Ditter
Produção Christian Becker
Roteiro Christian Ditter
Runer Jonsson
Elenco Jonas Hämmerle
Waldemar Kobus
Nic Romm
Christian Koch
Olaf Krätke
Mike Maas
Patrick Reichel
Jörg Moukaddam
Mercedes Jadea Diaz
Sanne Schnapp
Günther Kaufmann
Christoph Maria Herbst
Eva Padberg
Ella-Maria Gollmer
Hoang Dang-Vu
Antoine Monot, Jr.
Christian Ulmen
Gênero acção, comédia
Música Ralf Wengenmayr
Nik Reich
Jaro Messerschmidt
Cinematografia Christian Rein
Direção de fotografia Rein Christian
Edição Ueli Christen
Distribuição Portugal ZON Audiovisuais
Lançamento Alemanha 29 de setembro de 2011
Portugal 7 de fevereiro de 2013
Brasil 9 de julho de 2014
Idioma alemão
Cronologia
As Aventuras de Vickie
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Wickie auf großer Fahrt (Vickie e o Tesouro dos DeusesPOR ou Wickie e o Segredo dos DeusesBRA)[1][2][3] é um filme alemão em live-action de acção e comédia e sequela do filme anterior As Aventuras de Vickie. Dirigido por Christian Ditter,[4] o filme estreou na Alemanha em 29 de setembro de 2011 e em Portugal em 7 de fevereiro de 2013, na mesma data que o primeiro filme.[5][6]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Quando o pai de Vickie é sequestrado por Sven "o Terrível", Vicky se vê obrigado a assumir o poder em sua aldeia. Em suas mãos, está o destino de todos, e vai liderar seus homens para resgatar seu pai e demonstrar suas ideias geniais. Onde enfrentará mares tempestuosos, praias tropicais e vários perigos, e terá que defender o lendário Tesouro dos Deuses.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Jonas Hämmerle como Vickie
  • Waldemar Kobus como Halvar
  • Valeria Eisenbart como Svenja
  • Nic Romm como Tjure
  • Christian A. Koch como Snorre
  • Olaf Krätke como Urobe
  • Mike Maas como Gorm
  • Patrick Reichel como Ulme
  • Jörg Moukaddam como Faxe
  • Günther Kaufmann como Sven, o Terrível
  • Christoph Maria Herbst como Pokka
  • Mercedes Jadea Diaz como Ylvi
  • Sanne Schnapp como Ylva
  • Eva Padberg como Líder de Walküren
  • Ella-Maria Gollmer como Assistente de Walküren
  • Hoang Dang-Vu como Yogi
  • Antoine Monot, Jr. como Cavaleiro 1
  • Christian Ulmen como Cavaleiro 2

Produção[editar | editar código-fonte]

Equipe[editar | editar código-fonte]

Na primeira adaptação em live-action do filme Wickie und die starken Männer, Michael Herbig dirigiu o filme, mas nesse segundo filme Wickie auf großer Fahrt, Christian Ditter foi o director. A ocupação do „forte Männer“ para o primeiro filme (Wickie und die starken Männer) foi no show de talentos Bully sucht die starken Männer. O mesmo molde, também foi utilizado para a sequela. Nele foi procurado, um novo amigo para Wickie, em um casting público entre julho de 2010.[7]

Cinematografia[editar | editar código-fonte]

O filme foi gravado na Bavaria Filmstudios, rodado na Alemanha, na Dinamarca, Inglaterra e Malta.

A aldeia „Flake“ para a montagem de filme foi feita no verão de 2010, novamente em Sachenbach (Jachenau), construído para filmagens. Em seguida, foi trazido de volta à Walchensee, onde pode ser visitada, depois de ter filmado a primeira parte como um destino.[8]

Tecnologia em 3D[editar | editar código-fonte]

Especificamente o filme foi em 3D-Rig desenvolvido pela empresa Stereotec com sede em Munique, as duas câmeras Arri Alexa podem ser equipada com zoom e são controladas à distância. Desta vez, podem ser salvas no sistema de rotação 3D. A equipe chegou ao estereógrafo (Florian Maier).[9]

Sucesso[editar | editar código-fonte]

O filme foi o mais visto na Alemanha em 2011, com 1.737.818 espectadores.[10] A produção elevou-se a mais de doze milhões de euros. Embora o filme não fosse como muitos espectadores queriam, parecia o filme anterior (onde teve mais de 5 milhões de bilhetes vendidos), ele é considerado como um sucesso económico.[11]

Banda sonora[editar | editar código-fonte]

A famosa canção Hey, Hey, Wickie foi feita exclusivamente para o filme pela cantora pop alemã Nena com partição de K-rings.[12]

Sequela[editar | editar código-fonte]

Para 2012, originalmente o filme teria uma terceira parte, o terceiro filme estaria em produção sob o título de Wickie und der große Wettkampf,[13] No entanto, isto acabou não acontecendo.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]