Voluntários Irlandeses

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Voluntários Irlandeses (em irlandês: Óglaigh na hÉireann) foi uma organização militar criada em 1913 por nacionalistas irlandeses. O seu principal objetivo foi declarado "para garantir e manter os direitos e liberdades comuns a todo o povo da Irlanda",[1] em outras palavras, a salvaguarda da Home Rule.[2] No entanto, a intenção da Irmandade Republicana Irlandesa em incorporar o Voluntariado foi para ajudar a estabelecer uma República da Irlanda.[3]

Os Voluntários foram membros da Liga Gaélica, Ordem Antiga dos Hibernianos e Sinn Féin, e, secretamente, a Irmandade Republicana Irlandesa. A iniciativa de uma série de reuniões que antecedem os discursos em público veio dos Voluntários da Irmandade.

Referências

  1. Constituição dos Voluntários Irlandeses, citado na Biblioteca Nacional da Irlanda, O Levantamento de 1916: Personalidades e Perspetivas, exposições on-line, acessado a 22 de dezembro de 2007. (em inglês)
  2. Biblioteca Nacional da Irlanda, O Levantamento de 1916: Personalidades e Perspetivas, exposição on-line, acessado a 22 de dezembro de 2007. (em inglês)
  3. Eoin Neeson, Mitos da Páscoa de 1916, Aubane Historical Society, Cork, 2007, ISBN 978 1 903497 34 0.
Ícone de esboço Este artigo sobre a República da Irlanda é um esboço relacionado ao Projeto Europa. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.