William Russell

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para o ator britânico, veja William Russell (ator inglês).
William Russell
Cartaz do filme Pride and the Man, 1917, escrito e atuado por William Russell
Nome completo William Lerche
Nascimento 12 de abril de 1886
Nova Iorque, Nova Iorque, EUA
Nacionalidade Estados Unidos Norte-americana
Morte 18 de fevereiro de 1929
Beverly Hills, Los Angeles, Califórnia, EUA
Ocupação ator de cinema
Atividade 1892-1929
Cônjuge Charlotte Burton (1917-1921)
Helen Ferguson (1925 – 1929)

William Russell (12 de abril de 1886 - 18 de fevereiro de 1929) foi um ator de teatro e de cinema estadunidense da era do cinema mudo, que atuou em 209 filmes entre 1910 e 1929. Também trabalhou na direção e produção cinematográfica, criando sua própria produtora, a William Russell Productions.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Helen Ferguson, segunda esposa de Russell.

William nasceu no Bronx, em Nova Iorque, por volta de 1886,[1][2] filho de uma conceituada atriz de teatro. Estudou Direito, e exerceu a advocacia em Pittsburgh, na Pensilvânia,sem muito sucesso. Tentou outros empregos, inclusive instrutor de boxe, e como já trabalhara em teatro na infância, tentou finalmente o palco.[3][4] Atuou ao lado de Ethel Barrymore em "Cousin Kate", na Broadway, aparecendo ao lado de outras estrelas da época, tais como Chauncey Olcott e Catherine Countiss, percorrendo o país em várias produções.[5]

Sua carreira cinematográfica começou na Biograph Company, em 1910, com o filme The Roman Slave, dirigido por D. W. Griffith. Após fazer vários pequenos papéis na Biograph, foi para a Thanhouser Film Corporation, onde se tornou uma estrela. Seu irmão, Albert Russell também apareceu em vários de seus filmes, porém dedicou-se mais à direção cinematográfica.

Em 1913, Russell trocou a Thanhouser pela Biograph por um breve período, retornando mais tarde à Thanhouser. Após deixar a Thanhouser, trabalhou para outros estúdios. Entre 1916 e 1920, trabalhou na American Film Company, atuando nos filmes The Torch Bearer (1916), The Strength of Donald McKenzie (1916) e The Man Who Would Not Die (1916), entre outros. Em 1919, Russell formou sua própria companhia cinematográfica, a William Russell Productions. Além desses, trabalhou livremente em outros estúdios, como a Fox Film e a Victor Film Company. Seu último filme foi Madonna of Avenue A, filme em que fez um pequeno papel, e que foi lançado em 22 de junho de 1929, alguns meses após sua morte.

Vida pessoal e morte[editar | editar código-fonte]

Em 1917, casou com a atriz Charlotte Burton, divorciando-se quatro anos mais tarde.

Na década de 1920, ele decidiu se mudar para Hollywood, depois de ter passado grande parte de sua vida em Nova York. Ele se casou em 21 de junho de 1925 com a atriz Helen Ferguson, no Wilshire Boulevard Congregational Church, após um romance de seis anos.[6] e o casamento durou até sua morte em Beverly Hills, Califórnia, em 18 de fevereiro de 1929.

Russell faleceu de pneumonia aos 44 anos, alguns dias antes da morte de seu irmão, Albert Russell, que morreu aos 38 pela mesma causa,[7] William morreu no Hollywood Presbyterian Medical Center[8] e foi sepultado no Forest Lawn Glendale, em Glendale, Califórnia, no Great Mausoleum, Sanctuary of Love.[9]

Filmografia parcial[editar | editar código-fonte]

Louise Lovely e William Russell em uma cena de The Twins of Suffering Creek (1920).
Cartaz do filme Soul Mates, de 1916, com William Russell.
Cartaz do filme The Torch Bearer (1916)
Cartaz do filme The Love Hermit
Brass Buttons (1919), com Frank Brownlee, William Russell e Eileen Percy.

Diretor[editar | editar código-fonte]

Produtor[editar | editar código-fonte]

Roteirista[editar | editar código-fonte]

William Russell Productions[editar | editar código-fonte]

Entre 1918 e 1919, Russell formou sua própria companhia cinematográfica, a William Russell Productions,[11] que produziu 11 filmes entre 1918 e 1925.

  • Big Pal (1925)
  • The Robes of Sin, também conhecido como The Roaring Forties (1924)[12]
  • Man's Size (1923)
  • A Sporting Chance (1919/I)
  • Brass Buttons (1919)
  • Where the West Begins (1919)
  • When a Man Rides Alone (1919)
  • All the World to Nothing (1918)
  • Hobbs in a Hurry (1918)
  • Up Romance Road (1918)
  • Hearts or Diamonds? (1918)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

  1. Algumas fontes citam seu nascimento em 1884 e 1889
  2. William Russell na Thanhouser
  3. William Russell no Playbillvault
  4. William Russell no IBDB
  5. William Russell no IMDB
  6. "Dan Cupid Bowls Over Film Husky. Film "Strong Man" Weds." Los Angeles Times. Jun. 22, 1925. p A 1.
  7. Albert Russell no IMDB
  8. "Russell Rites To Be Saturday." Los Angeles Times. Feb. 19, 1929. p. A 1.
  9. William Russell no Find a Grave
  10. Man’s Size no Silent era
  11. William Russell Productions no IMDB
  12. The Robes of Sin no Silent era

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre William Russell