Zabergan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Zabergan
líder cutrigur
Reinado ca. 550 - 560[1]
Antecessor(a) Candique
Sucessor(a) Baian I
Nascimento século VI
Morte século VI
Soldo de Justiniano (r. 527–565)

Zabergan (em grego: Ζαβεργαν) foi um dos cutrigures, associado com os ávaros eurasianos. Após os cutrigures e utrigures firmarem a paz ca. 558, Zabergan cruzou no inverno de 558/559 o Danúbio congelado com sua cavalaria, passou pela Mésia e Cítia Menor, e dividiu seu exército em dois, com uma parte se dirigindo para a Grécia e a outro para a Trácia. Aproveitando-se das avarias da Grande Muralha da Trácia decorrentes de um terremoto, invadiu Constantinopla com ca. 7000 soldados montados. O imperador Justiniano (r. 527–565) chamou Belisário de sua aposentadoria e ordenou que parasse os intrusos.[2][3]

Com um exército de 300 soldados fortemente armados e outras tropas compostas por civis e camponeses dos locais pilhados por Zabergan, Belisário emboscou a cavalaria cutrigur nas proximidades da vila de Cheto e a derrotou. Mesmo derrotado, Zabergan permaneceu na Trácia até o verão, quando a frota bizantina bloqueou o Danúbio e impediu que os cutrigures se retirassem. Ele foi forçado a negociar a paz e retornar prisioneiros de guerra, enquanto lhe foi prometido pagamento de subsídios. Com sua retirada, Justiniano celebrou um triunfo em 11 de agosto de 559. Mais tarde, para evitar novos ataques, Justiniano instigou novos conflitos entre cutrigures e utrigures.[2][3]

Referências

  1. «Zabergan» (em inglês). Consultado em 27 de outubro de 2013 
  2. a b Kazhdan 1991, p. 2217.
  3. a b Martindale 1992, p. 1410.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Candique
Líder cutrigur
ca. 550 - 560
Sucedido por
Baian I

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Martindale, John R.; Jones, Arnold Hugh Martin; Morris, John (1992). The Prosopography of the Later Roman Empire - Volume III, AD 527–641. Cambridge e Nova Iorque: Cambridge University Press. ISBN 0-521-20160-8