Zenon Pylyshyn

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Zenon Pylyshyn (n. 1937) é um filósofo e cientista cognitivo do Canadá, formado em física e engenharia pela Universidade de McGill. Foi professor de Psicologia e Ciências da Computação na Universidade de Western Ontario em Londres, de 1964 até 1994, onde também ocupou cargos honoríficos em Filosofia e Engenharia Elétrica e foi diretor do Centro para a Ciência Cognitiva UWO.

Pesquisas mais recentes envolvem a análise teórica da natureza do sistema cognitivo humano, percepção, imaginação e raciocínio. Também continuou a desenvolver a sua Teoria da Indexação Visual (às vezes chamada de teoria FINST) que levanta a hipótese de um mecanismo pré-conceptual responsável pela individuação, referindo-se às propriedades visuais codificadas por processos cognitivos. [1]

Referências