Zona de saturação

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Zona de saturação, ou zona freática, é a parte de um aquífero, abaixo do lençol freático, em que a maioria dos poros e fracturas se encontram saturados com água (sendo neste sentido o posto à zona vadosa). A espessura, profundidade e configuração da zona freática variam em função da recarga e da extracção de água, reflectindo em geral as variações sazonais na disponibilidade de água.[1][2] Nas aplicações dos campos das ciências físico-químicas, a designação zona de saturação é aplicada às áreas em que determinadas substâncias se encontram em equilíbrio.

Na física e na química[editar | editar código-fonte]

É a zona em que os fenômenos de transporte de massa, movimento ou energia entre dois corpos, substâncias ou estados físicos se encontram em mesma grandeza. Ou seja, quando duas diferentes substâncias químicas atingem um determinado equilíbrio, os "fluxos" entre elas possuem a mesma grandeza e as alterações não ocorrem mais.

Na geologia e na hidrologia[editar | editar código-fonte]

Ocorrência da Água Subterrânea[editar | editar código-fonte]

A presença de água subterrânea é dividida em quatro zonas:

Zona de Saturação[editar | editar código-fonte]

É a região abaixo da zona de aeração ou zona não saturada, onde os poros estão totalmente preenchidos por água.

Orla de capilaridade[editar | editar código-fonte]

Logo acima da zona de saturação: Na terra, a água dessa zona eleva-se nas aberturas finas acima da zona de saturação. Em experimentos foi visto que a altitude da orla se mantém em um limite prático de até três metros, estando nesse nível podemos crer que a evaporação da terra seja muito pouca, mas onde o lençol freático está muito perto, a água transfere-se à atmosfera pela orla de capilaridade e a perda de água pode ser muito importante.

Seção intermediária[editar | editar código-fonte]

Encontra-se acima da orla de capilaridade: A água penetra nesta parte da terra e é drenada pela gravidade, até ao lençol de água. Sendo assim, apenas poucos capilares têm água e, em geral, classifica-se esta zona como quase seca. Ela pode existir ou não, dependendo do nível de umidade.

Seção de umidade do solo[editar | editar código-fonte]

Superficial: Esta seção contém material orgânico, sofre influência de intempérie e é geralmente muito porosa. Recebe água da chuva, mas boa parte desta água retorna à atmosfera como transpiração. Outra parte é absorvida pela seção intermediária.

Notas

  1. «Phreatic Zone». TheFreeDictionary.com. Consultado em 7 de junho de 2012 
  2. «Phreatic Zone». Encyclopedia Brittanica. Consultado em 7 de junho de 2012 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Zona de saturação
Ícone de esboço Este artigo sobre Química é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.