Épico do Rei Gesar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mural tibetano mostrando Gesar.

O Épico do Rei Gesar (ˈɡɛzər ou ɡəˈzɑr, também grafado Geser, Ge-sar, Ge Sar ou Gisar) é o principal poema épico do Tibete e de boa parte da Ásia Central. Com cerca de 140 cantores especializados na obra em atividade hoje em dia, incluindo cantores de etnias tibetanas, mongóis, buriates e tus, é tido como um dos poucos épicos vivos. Tem aproximadamente 1000 anos de idade, e trata do destemido rei Gesar, que governou o reino lendário de gLing.

O épico é considerado a maior obra literária do mundo;[1] embora não exista uma compilação definitiva, a obra, se reunida, preencheria cerca de 120 volumes, contendo 20 milhões de palavras em mais de um milhão de versos.[2]

Referências

  1. Legend of the Snow Land-Epic of King Gesar 2007 National Museum of History. Visitado em 10-6-2009.
  2. King Gesar: Introductory. Visitado em 10-6-2009.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Épico do Rei Gesar