ATTAC

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Association pour la Taxation des Transactions pour l'Aide aux Citoyens ("Associação pela Tributação das Transações Financeiras para ajuda aos Cidadãos"), mais conhecida pela sigla ATTAC, é uma organização criada a partir de uma proposta de Ignacio Ramonet, em 1998, na França.

Cartaz da ATTAC na zona rural francesa.

Proposta de ação[editar | editar código-fonte]

Originalmente a ATTAC tinha a finalidade de instituir um imposto sobre movimentações financeiras internacionais (o chamado "Imposto Tobin"), para restringir a especulação e financiar projetos de desenvolvimento ecológico e social.

Posteriormente ATTAC ampliou seu campo de intervenção e interesse, incluindo todos os aspectos relacionados à globalização. Monitora as decisões da Organização Mundial do Comércio (OMC), da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), do Fundo Monetário Internacional (FMI) e acompanha as reuniões do G8 com o objetivo de influir sobre as decisões dos formuladores de políticas.

ATTAC afirma não ser anti-globalização mas ser crítica com relação à ideologia neoliberalismo que preside a globalização da economia. Portanto apóia políticas de globalização sustentáveis e socialmente justas. Um dos seus slogans é "O mundo não está à venda", denunciando a mercantilização da sociedade.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Militantes da ATTAC em manifestação na França contra a privatização e o « desmantelamento » dos serviços públicos, 2005

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre ATTAC
1912 Lawrence Textile Strike 2.jpg   Este artigo é um esboço sobre Movimentos políticos. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.