A Sangue Frio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

In Cold Blood
A Sangue Frio
Autor (es) Truman Capote
Idioma Inglês
País  Estados Unidos
Género Jornalismo literário, Romance de não-ficção
Linha de tempo da história De 1959 a 1964
Arte de capa S. Neil Fujita
Editora Vintage
Lançamento 1966
Edição portuguesa
Edição brasileira
Tradução Ivan Lessa
Editora Círculo do Livro
Lançamento 1975
Cronologia
Último
Último
The Grass Harp
Súplicas Atendidas
Próximo
Próximo

A Sangue Frio (In Cold Blood, no original) é um livro escrito por Truman Capote e publicado em 1966. Relata o brutal assassinato de uma família na cidade de Holcomb, localizada no no interior do estado do Kansas, nos Estados Unidos da América, da idéia inicial do crime até a execução dos assassinos.

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Em 15 de novembro de 1959, quatro membros de uma respeitada família da pequena cidade de Holcomb, oeste do Kansas, foram assassinados. Herb Clutter, o patriarca da família, tinha 48 anos e era um fazendeiro muito estimado na comunidade. Bonnie Clutter, sua esposa, era três anos mais nova e sofria de "problemas psicológicos". O casal vivia com os dois filhos mais novos, Kenyon e Nancy, ainda adolescentes. Os quatro foram amarrados e amordaçados (Herb também teve a garganta cortada); depois, foram mortos a tiros de espingarda.

O crime abalou a até então pacata cidade de apenas 270 habitantes. A polícia passou a procurar incansavelmente os criminosos, que haviam levado da casa apenas um rádio da marca Zenith, um par de binóculos e 40 dólares.

O livro descreve minuciosamente a reação dos moradores da cidade, a investigação policial e os passos dos criminosos durante a fuga, bem como a história pregressa dos mesmos. Poucos meses depois do crime, Richard Hickock e Perry Smith são presos pela chacina. Condenados à morte, em 14 de abril de 1965 eles são enforcados.

O trabalho de Capote[editar | editar código-fonte]

Truman Capote chegou a Holcomb um mês após o crime, após ler uma notícia curta sobre o caso no New York Times[1] . Ele entrevistou familiares das vítimas e do assassinos, recolheu documentos oficiais, leu cartas e diários, observou, assistiu ao enforcamento dos criminosos. O autor tornou-se bastante próximo de Perry Smith, com quem teria tido um relacionamento amoroso. Com as informações coletadas, o autor escreveu um "romance não-ficcional", considerado a primeira obra do New Journalism.

Em 25 de setembro de 1965, a revista The New Yorker publicou o último dos quatro capítulos escritos por Capote sobre o assassinato da família Clutter. Batendo recordes de vendas da revista, em janeiro de 1966 o romance saiu em formato de livro.

Em 2005, o filme Capote, com Philip Seymour Hoffman (vencedor do Prêmio Oscar de melhor ator pela interpretação de Truman Capote) conta o desenvolvimento do livro como foco principal do filme.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Standen, Amy. ""In Cold Blood"", Salon.com, January 22, 2002. Página visitada em 2012-01-14.
Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.