Abrota

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Na Mitologia Grega, Abrota (Habrotê), filha de Onchestus, era esposa de Niso e irmã de Megareu[1] .

Abrota, da Beócia, era excepcionalmente inteligente e muito discreta[1] . Quando morreu, os habitantes de Mégara lamentaram muito a sua morte, e Niso, desejando que sua memória e reputação durassem para sempre, ordenou que todas as mulheres de Mégara usassem vestimentas semelhantes às que Abrota usava; por causa disso, estas roupas eram chamadas de aphabroma[1] .

Até um deus[quem?] ajudou a manter a reputação de Abrota, porque quando as mulheres de Mégara tentaram mudar suas vestes, ele as impediu com um oráculo[1] .

Referências

  1. a b c d Plutarco, Quaestiones Graecae, Pergunta 16, O que é chamado pelos habitantes de Mégara de aphabroma?