Acabamento

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Acabamento é o resultado de um ato finalizador de um trabalho de construção civil 1 , mobiliário, vestuário, artes plásticas, fabrico de livros 2 3 ou outro tipo de actividade. Este ato tem com principal objectivo dar um aspecto exterior trabalhado, para que o produto final seja mais atrativo para o consumidor final.

Construção civil[editar | editar código-fonte]

Em obra, em geral, não há um limite exacto para o termo acabamento. Para alguns, a aplicação dos revestimentos em uma casa já é uma etapa de acabamento. Para outros, pode ser considerada uma etapa básica, apesar de o produto, por exemplo, azulejo ou porcelanato ser nominalmente, produto de acabamento, ou peça de acabamento.

Materiais[editar | editar código-fonte]

Podem ser industrializados ou não. Todo material utilizado em revestimento, calafetação, recobrimento ou montagem final visando um efeito estético interessante pode ser considerado acabamento. Azulejos, porcelanatos, pisos laminados, fórmica, vidros, adesivagem, tintas, extrato de nogueira, folheados metálicos, luminárias e similares são objetos ou materiais de acabamento.

Pedras Naturais[editar | editar código-fonte]

Quando se fala de pedras naturais para acabemento de uma dada construção, fala-se de uma série de processos que dão à pedra diferentes texturas de superfície para que desta forma possam também ser utilizadas de diferentes formas no revestimento de obras. Esses processos são:

  • Acabamentos da superfície
    • Serrado - resultante da serragem;
    • Cortado - resultante da serragem com serra de discos;
    • Polido - resultante da ação de cabeças rotativas friccionadas contra a superfície com abrasivos de granulometria muito baixa (superfície final brilhante e reflectora);
    • Amaciado - identico ao polimento, mas com abrasivos menos finos (superfície final baça);
  • Acabamento rugoso
    • Apicoado - superfície golpeada com um picão/picola;
    • Escacilhado - superfície golpeada com um cinteio e ponteiros;
    • Bujardado - superfície golpeada com dentes piramidais;
    • Areado - aplicação de material abrasivo por meio de um jacto de areia;
    • Gastejado - superfície final caracterizada por ter caneladuras paralelas;
    • Flamejado - aplicação da chama de um maçarico;

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • APICER - Manual de aplicação de revestimentos cerâmicos. Coimbra, Associação Portuguesa de Industriais de Cerâmica e Construção, 2003.
  • GROUPE DE COORDENATION DES TEXTES TECHNIQUES – Revêtements de sol scellés. Paris, CSTB, 1985. Document Technique Unifié DTU 52.1.
  • LNEC - Documentos de homologação de revestimentos não tradicionais de pisos.
  • IPQ e CEN – Normais nacionais e europeias sobre materiais e revestimentos de piso.
Ícone de esboço Este artigo sobre arquitetura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.