Acyuta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Acyuta ou Achyuta é um termo sânscrito que significa não caído ou indestrutível, termo usado para caracterizar um deus.

É um dos qualidade de Brahman, Vishnu ou Krishna. Ele é geralmente interpretado como a eternidade do ser, aquele com a mente estabilizada e consciente da sua natureza, ou aquele que não passa pelas seis transformações iniciada pelo nascimento.

O Maha bharata se refere a ele como "aquele que não teve medo em criar as coisas" ou "aquele que não se distingue daqueles que atingiram a emancipação final" e no "Skanda Purana" como Aquele que nunca se altera (ou muda) a sua natureza. Nos comentários sobre o Vishnu sahasranama de Adi Sankara "Acyutah é aquele que nunca perde e nunca perdera a sua condição e poderes."

Acyuta é aquele ser que não esta sujeito a queda; e é o reverso de chyuta, 'O Caído.' São os Dhyanis que encarnaram na forma humana sem perder seu intelecto (Manas) (S.D. II, 47)

No sentido anatômico se refere a um ser sem ânus. Pois sendo puro não precisa de um sistema excretor.

Referências[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.