Anisotropia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Anisotropia (do grego, ἀν: prefixo privativo (negação), ἰσόω: igualar, τρόπος: direção) é a característica que uma substância possui em que uma certa propriedade física varia com a direção.

Costuma-se designar qual a propriedade em que existe a anisotropia, por exemplo, anisotropia eléctrica, óptica, magnética.

Mineralogia[editar | editar código-fonte]

É um fenômeno em virtude do qual certas propriedades físicas de um mesmo corpo dependem da direção em que são medidas. O fato das substâncias minerais formarem cristais, indica que o comportamento físico da matéria cristalina depende da direção. Em determinadas direções formam-se faces, noutras arestas e noutras vértices. Nas redes cristalinas também se verifica que as distâncias entre os nós, que a formam, dependem da direção em que essa distância é medida. Esta variação de comportamento de propriedades físicas de um cristal segundo a direção em que se determina denomina-se anisotropia e tem importância muito significativa no estudo dos minerais. Em certos casos a anisotropia física dos minerais é uma propriedade evidente. Por exemplo, um cristal de mica ou gesso pode separar-se em porções paralelas entre si e segundo um só plano. Esta propriedade que se designa clivagem revela-nos que as forças de coesão do plano que se separam são muito fortes, enquanto as perpendiculares às mesmas são débeis. A clivagem é característica da estrutura cristalina e pode ser utilizada para a identificação de um mineral. A simetria do cristal manifesta-se na anisotropia, pois a clivagem apresenta-se segundo alguns planos homólogos, isto é, segundo planos equivalentes de simetria. Por exemplo, na calcite a clivagem ocorre segundo três planos simétricos relativamente ao eixo ternário do cristal, e o sólido geométrico resultante da clivagem é um romboedro. Na halite a clivagem ocorre segundo faces do cubo. Contudo, nem todas as propriedades físicas de um mineral se manifestam da mesma maneira. Assim, por exemplo, na halite é anisotrópica para a clivagem, mas a propagação da luz é igual em todas as direções. Quando o valor de propriedade física é igual em todas as direções, o cristal é isotrópico para essa propriedade. Em consequência, a anisotropia ou a isotropia, por exemplo, das propriedades óticas dos minerais é utilizada para distinguir os minerais uns dos outros. A utilização do microscópio baseia-se neste fato.

Óptica[editar | editar código-fonte]

Os materiais cristalinos revelam propriedades anisótropas(ou anisotrópicas) face à luz

Resistência de materiais[editar | editar código-fonte]

A madeira é um exemplo de material anisotrópico com propriedades mecânicas que dependem da disposição das suas fibras. A madeira expande-se ou retrai-se de forma diferente às variações de umidade no ambiente, consoante sejam considerados os sentidos relativos de suas fibras. No sentido longitudinal ao eixo de uma tora, por exemplo, a variação é mínima (0,1%); no sentido tangencial, é máxima (até 10%), e no sentido radial, cerca de 5%.

Geologia[editar | editar código-fonte]

Algumas formações geológicas revelam uma anisotropia eléctrica, sendo essa propriedade utilizada nomeadamente na indústria do petróleo e do gás natural.

Informática[editar | editar código-fonte]

No campo dos gráficos gerados por computador, uma superfície anisotrópica muda de aparência ao ser rodada pelo seu normal geométrico. Um exemplo do efeito é o veludo que muda de aparência (textura)ao ser movido

Filtro Anisotrópico : é um método de melhorar a qualidade de imagem das texturas em superfícies que estejam à distância e num ângulo pronunciado em relação ao ponto de vista. Reduzindo mais o detalhe numa direcção que noutra, estes efeitos podem ser reduzidos.

Técnicas antigas, tais como filtros bilineares e trilineares não levam em conta o ângulo da superfície do qual esta é vista, o que pode resultar em limites em serra ou texturas borradas.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referência[editar | editar código-fonte]

  • Vários. Lexicoteca-Moderna Enciclopédia Universal, Lisboa: Círculo de leitores, 1985. Tomo II
Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre Informática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.