Designer gráfico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Artista gráfico)
Ir para: navegação, pesquisa

O designer gráfico é o profissional habilitado a efetuar atividades relacionadas ao design gráfico. Logo, o designer gráfico é aquele profissional que traz ordem estrutural e forma à informação visual impressa.

Exemplos de produtos do trabalho de um designer gráfico são as páginas diagramadas de um livro ou uma revista, a configuração visual de uma embalagem, logotipos de empresas e instituições, fontes tipográficas, entre outros. O escopo de sua atividade pode também se estender à reflexão das possibilidades de estruturação visual das mensagens e sua repercussão social: assim como um arquiteto não apenas projeta edifícios mas também reflete acerca da organização do contexto urbanístico de um assentamento humano, é papel do designer gráfico não apenas desenvolver soluções visuais de comunicação, mas também refletir acerca do atual âmbito de produção e consumo de mensagens. São de relevância para o designer gráfico exercer sua atividade o domínio sobre as tecnologias que lhe servem de ferramenta, e a construção de um repertório visual e de cultura geral amplos.

O termo, a princípio, descreve habilitações diversas que mantêm uma formação ou prática semelhante. Portanto, designer de livros, designer de tipos, diagramador, designer de embalagem ou designer de cartaz, por exemplo, seriam diferentes atuações de designers gráficos. O mais importante para definir a área de atuação de um designer gráfico é perceber a natureza dessa atuação (mídia impressa) e se ela é relacionada à acepção geral do termo design gráfico. A denominação foi cunhada originalmente em inglês (graphic designer), por William Addison Dwiggins em 1922.[1]

Profissão[editar | editar código-fonte]

No Brasil, a profissão do designer gráfico não é regularizada (o que significa que não existe Conselho de Classe, como o CREA ou a OAB), embora ela conste do Catálogo Geral de Profissões do Ministério do Trabalho.[2] No campo acadêmico, o curso superior de Desenho industrial possui a habilitação programação visual ou design visual que englobam, dentre outras especializações de um designer, o design gráfico. O curso é reconhecido pelo Ministério da Educação.

Apesar da legislação permitir que qualquer cidadão exerça a atividade, normalmente isto é feito por profissionais formados em escolas superiores de Design. Antes delas surgirem, porém, uma grande quantidade de profissionais estabeleceu-se após receberem formação em áreas correlatas, como a arquitetura (especialmente designers formados pela FAUUSP) e em cursos como o do Instituto de Arte Contemporânea do Museu de Arte de São Paulo.

Referências

  1. MEGGS, Philip B. A history of graphic design. Michigan, Van Nostrand Reinhold, 1992 - Pg.xiii Preface
  2. Lúcio Wandeck (15 de junho de 2010). Classificação Brasileira de Ocupações - Desenhistas. Yahoo!. Página visitada em 12 de junho de 2013.

Artigos relacionados[editar | editar código-fonte]

Páginas externas[editar | editar código-fonte]