As Crónicas de Allaryia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Crónicas de Allaryia é uma septologia, de livros, do escritor português Filipe Faria.

Trata-se de uma obra de literatura fantástica, abarcando os subgéneros da fantasia épica e heróica, mas com notáveis elementos de romance medieval, humor, amizade, provas de fidelidade, etc.

Foram publicados na colecção Via Láctea, da Editora Presença que lançou Filipe Faria no mundo da literatura. A história, retrata a vida de Aewyre Thoryn (o filho mais novo do rei Aezrel Thoryn) e seus companheiros: o mago Allumno, a princesa Lhiannah e respectivo protector, Worick, um eahan, Quenestil, uma eahanoir, Slayra, um pequeno burrik, Taislin e um antroleo, Babaki, num continente fantástico chamado Allaryia.[1]

São eles:

N.º Título Data de Publicação
1 A Manopla de Karasthan Abril de 2002
2 Os Filhos do Flagelo Dezembro de 2002
3 Marés Negras Dezembro de 2003
4 A Essência da Lâmina Maio de 2005
5 Vagas de Fogo Abril de 2007
6 O Fado da Sombra Maio de 2009
7 Oblívio Fevereiro de 2011

Referências

  1. As Crónicas de Allaryia - Vagas de Fogo. Página visitada em 07/04/2009.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Página 'oficial' das Crónicas de Allaryia em www.allaryia.cjb.net, bloqueada pela Wikipedia

Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.