Atmosfera padrão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O termo atmosfera padrão por definição refere-se à pressão exata de 101 325 Pa.[1] Ele é utilizado como unidade de pressão, com o símbolo atm (1 atm = 101 325 Pa). Este termo refere-se ao mesmo valor de pressão definida como pressão normal.[2]

Atualmente a IUPAC recomenda que o uso da pressão de 101 325 Pa seja descontinuado, recomendando desde 1982, o uso da atual pressão padrão, definida como uma pressão de 105 Pa (100 000 Pa exatamente).[3]

A pressão de atmosfera, medida ao nível do mar, é acompanhada por anomalias tais como densidade e temperatura do ar, portanto não é regular, porém, é importante salientar que originalmente (durante convenção do sistema metrico mundial) deveria ser o peso exercido de quilograma sobre sobre 01 cm² ou equivalente ao peso de 1 m³ de atmosfera o que é o mesmo da força exercida por 1 quilo sobre um cm2 atm.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. IUPAC Compendium of Chemical Terminology, Electronic version. Standard atmosphere. Disponível em: <http://goldbook.iupac.org/S05906.html>. Acesso em: 04 jul. 2007.
  2. IUPAC Compendium of Chemical Terminology, Electronic version. Normal. Disponível em: <http://goldbook.iupac.org/N04211.html>. Acesso em: 04 jul. 2007.
  3. IUPAC Compedium of Chemical Terminology, Electronic version. Standard Pressure. Disponível em: <http://goldbook.iupac.org/S05921.html>. Acesso em: 04 jul. 2007.