Etilômetro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Bafômetro)
Ir para: navegação, pesquisa
Um etilômetro validade pelo órgão brasileiro INMETRO

O etilômetro ou alcoolímetro, também conhecido pelos nomes populares bafômetro (português brasileiro) ou balão (português europeu), é o aparelho que mede a concentração de álcool etílico na corrente sanguínea de uma pessoa mediante a análise do ar pulmonar profundo. Sua principal aplicação é identificar condutores de veículos que estejam sob efeito de bebidas alcoólicas[1] [2] .

Funcionamento técnico[editar | editar código-fonte]

Uma mulher fazendo teste de alcoolemia.

O motorista deve soprar um tubo (ou bocal) conectado ao etilômetro que conduzirá o ar de seus pulmões para um analisador contendo uma solução ácida de dicromato de potássio.

O princípio de detecção do grau alcoólico no corpo humano está fundamentado na avaliação das mudanças das características elétricas de um sensor sob os efeitos provocados pelos resíduos do álcool etílico no hálito do indivíduo.

O sensor é um elemento formado por um material cuja condutividade elétrica é influenciada pelas substâncias químicas do ambiente que se aderem à sua superfície. Sua condutividade elétrica diminui quando a substância é o oxigênio e aumenta quando se trata de álcool. Entre as composições preferidas para formar o sensor destacam-se aquelas que utilizam polímeros condutores ou filmes de óxidos cerâmicos, como óxido de estanho (SnO2), depositados sobre um substrato isolante.

A correspondência entre a concentração de álcool no ambiente, medida em partes por milhão (ppm), e uma determinada condutividade elétrica é obtida mediante uma calibração prévia onde outros fatores, como o efeito da temperatura ambiente, o efeito da umidade relativa, regime de escoamento de ar etc., são rigorosamente avaliados. A concentração de álcool no hálito das pessoas está relacionada com a quantidade de álcool presente no seu sangue dado o processo de troca que ocorre nos pulmões.

Pesquisas indicam um índice de erro de 2% a 5% na correlação entre o álcool no ar expirado e o álcool no sangue, o que valida cientificamente o resultado dos etilômetros.

Química[editar | editar código-fonte]

O álcool presente no ar exalado é convertido em ácido acético conforme mostra a reação abaixo:

3 CH_3CH_2OH + 2 K_2Cr_2O_7 + 8 H_2SO_4 \longrightarrow 3 CH_3COOH + 2 Cr_2(SO_4)_3 + 2 K_2SO_4 + 11 H_2O

Nesta reação o etanol é convertido a ácido acético e o cromo, na forma de íon cromato (amarelo alaranjado) é transformado em Cr+3 (coloração verde). Quanto maior a concentração de álcool, mais intensa é a coloração esverdeada obtida.

Legislação brasileira[editar | editar código-fonte]

No Brasil todos os modelos de aparelhos que testam a alcoolemia devem ser devem ser aprovados pelo INMETRO se forem utilizados com o objetivo da fiscalização de trânsito. Todo instrumento é verificado individualmente e recebe uma etiqueta com o número do certificado de verificação, cuja validade é de um ano. Os bocais ou tubos devem ser descartáveis e obedecer às normas do órgão. Além da certificação do INMETRO, os aparelhos devem ser homologados pelo Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN)[1] .

Desde 2008, a partir da entrada em vigor da Lei 11.705 e do Decreto 6.488, a chamada Lei Seca, os condutores de veículos estão proibidos de ingerir álcool antes de dirigir[1] .

Etanol no sangue[editar | editar código-fonte]

Etanol no sangue
Etanol no sangue (gramas/litro) Estágio Sintomas
0,1 a 0,5 Sobriedade Nenhuma influência aparente.
0,3 a 1,2 Euforia Perda de eficiência, diminuição da atenção, julgamento e controle
0,9 a 2,5 Excitação Instabilidade das emoções, incoordenação muscular. Menor inibição. Perda do julgamento crítico
1,8 a 3,0 Confusão Vertigens, desequilíbrio, dificuldade na fala e distúrbios da sensação.
2,7 a 4,0 Estupor Apatia e inércia geral. Vômitos, incontinência urinária e fezes.
3,5 a 5,0 Coma Inconsciência, anestesia. Morte
Acima de 5 Morte Parada respiratória

Observações: Em média 45 gramas de etanol (120 ml de aguardente), com estômago vazio, fazem o sangue ter concentração de 0,6 a 1,0 grama por litro; após refeição a concentração é de 0,3 a 0,5 grama por litro. Um conteúdo igual de etanol, sob a forma de cerveja (1,2 litros), resulta 0,4 a 0,5 gramas de etanol por litro de sangue, com estômago vazio e 0,2 a 0,3 gramas por litro, após uma refeição mista.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c INMETRO. Etilômetro. Visitado em 22 de fevereiro de 2015.
  2. Instituto de Pesos e Medidas do Estado do Rio de Janeiro. Etilômetro. Visitado em 22 de fevereiro de 2015.
Ícone de esboço Este artigo sobre Tecnologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Etilômetro