Barbados Blackbelly

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou se(c)ção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde agosto de 2012)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Ovelha da raça Barbados Blackbelly

A Barbados Blackbelly é uma raça única de ovelha que foi desenvolvida no Caribe. Embora seja provável que ela tenha ancestralidade africana, parece haver uma evidência clara que a raça, como ela é hoje em dia, foi desenvolvida pela população da ilha de Barbados, de carneiros trazidos por navios no início da colonização por europeus.

Em 1904, o Departamento da Agricultura dos Estados Unidos da América importou um rebanho pequeno e transportou-os para serem estudados em Bethesda, Maryland. Do rebanho original, pelo menos duas raças distintas emergiram nos EUA, e há muita confusão nos nomes da raça. Há menos de 200 carneiros puros de Barbados Blackbelly nos EUA, em contraste, há uma população grande e crescente de uma popular mistura, comumente referido como "Barbado". Visto que Barbados Blackbelly puros são mochos (não possuem chifres), o Barbado é notado por possuir chifres nos machos e, algumas fêmeas, também podem ter chifres pequenos. Os chifres foram adquiridos cruzando Barbados Blackbelly com Muflão e Rambouillet, logo após serem importados pelo Departamento de Agricultura dos EUA.

Reconhecendo que o termo "Barbado" não definiu adequadamente as características que os produtores procuraram, a Associação Internacional de Carneiros Barbados Blackbelly (BBSAI) adotou um padrão da raça em 2004, e definiu os animais que encontram-se com este padrão como "American Blackbelly". Estes carneiros atrativos tornaram-se comuns em jardins zoológicos, para crianças, e fazendas de animais de estimação nos EUA. Além da sua aparência exótica, são muito fáceis de criar.

Blackbellys de ambas as raças podem tolerar o calor e ter mais estamina do que a maioria das raças de carneiros. Eles pertencem às raças de pêlo, ou seja, não cresce , mas possuem um pêlo grosso. Se eles são criados em climas mais frios, desenvolvem frequentemente uma lã que cai na primavera.

Eles reproduzem-se todo o ano, ao contrário da maioria de carneiros domésticos. Por ter crescimento menor e mais lento da lã do que a maioria dos carneiros lanosos, não são uma escolha boa para a produção comercial. Entretanto, há um mercado forte para sua carne suavemente aromatizada, e são populares nos grupos de treinamento de cães. São muito resistentes à doenças e tolerantes à parasitas, e estes traços genéticos criaram uma demanda para a raça Blackbelly em cruzas de raças. São uma ótima escolha para um propriedade rural, pois criam-se relativamente bem mesmo em forrageiras mais pobres, e não requer cuidados intensivos. Eles variam na coloração do tan claro a um vermelho mogno escuro, com listras pretas na cara e nos pés, na barriga, na região inguinal, no queixo, e no tórax. Apesar de se assemelhar como uma cabra na aparência, elas são ovelhas verdadeiras. Cabras e carneiros se cruzam raramente.

Na América do Norte há duas raças registradas como Barbados Blackbelly:

  • A Associação Internacional de Carneiros Barbados Blackbelly (BBSAI) é um registro aberto que recebe tanto Barbados Blackbelly, quanto American Blackbelly e há mais de mil carneiros registrados com a BBSAI.
  • O Registro Norte-Americano de Carneiros Balckbelly registra os Blackbelly com chifres.
Barbados Blackbelly

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]