Batitermógrafo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Um dos batitermógrafos construídos por Athelstan Spilhaus (c. 1937).

Batitermógrafo (do grego: bathýs: "profundidade" + thermós: "temperatura" + graphein: "registar"), em geral abreviado BT, é um pequeno instrumento (c. 50 cm de comprimento) em forma de torpedo contendo um sensor de temperatura e um transdutor capaz de detectar a pressão hidrostática. Lançado à água a partir de uma qualquer plataforma, incluindo um navio em movimento, o batitermógrafo permite registar a pressão hidrostática (directamente transformável em profundidade) e as variações de temperatura à medida que desce ao longo da coluna de água. Existem modelos destinados a serem lançados a partir de aeronaves e modelos fixos para instalação em submarinos. O equipamento foi desenvolvido nos finais da década de 1930 por Athelstan Spilhaus e desempenhou um papel de grande relevo na luta anti-submarina durante a Segunda Guerra Mundial[1] .

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.

Notas

  1. Blair, Jr., Clay. Silent Victory, the U.S. Submarine war against Japan'. Annapolis, Maryland: Naval Institute Press, 2001.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Blair, Jr., Clay. Silent Victory, the U.S. Submarine war against Japan. Annapolis, Maryland: Naval Institute Press, 2001. ISBN 1-55750-217-X

Ligações externas[editar | editar código-fonte]