Bellum omnium contra omnes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Bellum omnia omnes)
Ir para: navegação, pesquisa
"As Misérias da Guerra" de Jacques Callot (1592-1635)

"Bellum omnia omnes" ou Bellum omnium contra omnes é a tradução para o latim da expressão "A guerra de todos contra todos". É nesse estado que Thomas Hobbes entende que viverá a humanidade em uma situação de estado natural (pré-social), descrita em sua obra Leviatã[1] . Hobbes acredita que a humanidade, para evitar tal condição, opta por um contrato social, abdicando de certas liberdades em troca de uma convivência pacífica em sociedade.[2]

Referências

  1. Thomas Hobbes. Leviathan. Hamburg: Meiner Verlag, 2005. 673 pp. P. 610. ISBN 3-787-31699-X; ISBN 978-37-8731-699-1.
  2. marxists.org/archive/marx/works. On The Jewish Question - Works of Karl Marx 1844. Página visitada em 13 February 2012.