Borivoi I

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Borivoj I)
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde agosto de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Borivoi I e sua esposa Santa Ludmila frente a São Metódio. Borivoi foi o primeiro governante checo a converter-se ao cristianismo.

Borivoi I da Boêmia o Bořivoj Přemyslovec (ca. 852 — falecido entre 888 e 889), primeiro Duque da Boêmia, estado que sob seu reinado conseguiu sua independência da Grande Morávia. É considerado o primeiro governante da Chéquia da história, e o primeiro governante da Boêmia que se converteu ao cristianismo. A "Crônica" de Cosmas de Praga, primeiro cronista checo, diz que Borivoi era filho do lendário príncipe da Boêmia Hostivít. É conhecido por algumas fontes históricas e literárias.

No ano de 870 autoproclamou-se como kníže dos checos (da Boêmia), considerado pelos eruditos alemães como o equivalente a duque.

Borivoi I casou-se com Ludmila, posteriormente elevada a Santa Ludmila, da família sérvia dos Psovan. O casal se converteu ao cristianismo no ano de 873. De seu matrimônio nasceram seis filhos entre os quais Spytihnev I e Vratislau I.

Em 872 apoiou o príncipe da Grande Morávia (velkomoravský kníže), Svatopluk I em sua luta contra o rei Luís o Germânico.

Borivoi foi batizado pelo arcebispo Metódio, que divulgou o Evangelho entre os eslavos. Não se conhece a data exata do batismo, mas considera-se que foi feito por volta de 874. Borivoi mandou construir o Castelo de Praga, onde foi construída a primeira igreja cristã da Boêmia, dedicada a São Clemente. Seu entusiasmo pela propagação do cristianismo em seus territórios provocou uma revolta dos nobres boêmios e Borivoi acabou sendo deposto do trono e teve que exiliar-se e o príncipe Estrojmir tomou o poder em 883.

Borivoi voltou ao trono provavelmente com a ajuda de Svatopluk da Grande Morávia. Entretanto, uma lenda narra que os boêmios depuseram Estrojmir e que colocaram novamente Borivoi no trono.

Depois de sua volta ao poder, Borivoi construiu outra igreja cristã, esta dedicada à Virgem Maria.

Depois da morte de Borivoi, a Boêmia foi governada de novo por Svatopluk e passou de novo a formar parte da Grande Morávia, mas sua esposa Ludmila e seu filho Spytihnev I conseguiram novamente a independência da Boêmia.

Precedido por
Hostivít
Reis da Boêmia
870888/889
Sucedido por
Spytihnev I
Ícone de esboço Este artigo sobre a República Checa é um esboço relacionado ao Projeto Europa. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Borivoi I