Braço de Sagitário

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Estrutura observada dos braços espirais da Via Láctea.

O Braço de Sagitário (também conhecido como o Braço de Sagitário-Carina) é um dos braços espirais de nossa galáxia, a Via Láctea. Um braço espiral é uma agrupação de estrelas em forma de curva e alongada, que se afasta do centro galáctico. Estas estruturas abrigam grandes populações da ordem de bilhões de estrelas, e o Braço de Sagitário é uma das maiores da nossa galáxia.

A Via Láctea é uma galáxia espiral barrada, de modo que os braços espirais emergem de uma barra central; de maneira diferente, em uma galáxia espiral os braços parecem ter nascido diretamente do núcleo galáctico. O extremo interior do braço de Sagitário se conecta a um extremo da barra central, o que faz, juntamente com o Braço de Norma, o maior da galáxia.

O Braço de Sagitário está localizado entre o Braço de Scutum-Crux e o Braço de Órion (este último é onde se encontra o nosso Sol). Recebe seu nome porque está localizado muito perto da constelação de Sagitário (observada no céu noturno da Terra), em direção ao centro galáctico.

Será que o braço existe para todos?[editar | editar código-fonte]

Recentemente tem sido sugerido que o Braço de Sagitário não existe para todos e é simplesmente uma concentração de gás e estrelas recém-formadas.[1]

Objetos visíveis[editar | editar código-fonte]

Um certo número de objetos Messier, que são visíveis através de um telescópio amador ou binóculos, são encontrados no Braço de Sagitário.

Outras fontes[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Shiga, David. “Two of the Milky Way's spiral arms may be 'demoted'”, NewScientist, 2008-06-03.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um objeto do céu profundo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.