British Doctors Study

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O British Doctors Study (em português, "Estudo Médico Britânico") é o nome genericamente aceito para um estudo prospectivo de coorte que foi publicado de 1951 a 2001 e que, em 1956, apresentou provas estatísticas convincentes de que o tabagismo aumenta o risco de câncer de pulmão.[1]

Referências

  1. Doll, R; Hill AB. (1956). "Lung cancer and other causes of death in relation to smoking; a second report on the mortality of British doctors". British Medical Journal 2 (5001): 1071–1081. DOI:10.1136/bmj.2.5001.1071. PMID 13364389.
Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.