Buritis (Belo Horizonte)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Buritis é um bairro nobre1 administrado pela subprefeitura da zona Oeste de Belo Horizonte2 .

Teve crescimento recorde entre todos os bairros da América do Sul há poucos anos, e crescimento médio populacional de mais de 27% ao ano, devido principalmente à mudança no coeficiente de aproveitamento do solo, que foi alterado de 1,0 para o 1,7, hoje com 1,0 devido a alteração da lei de uso e ocupação do solo de Belo Horizonte pela lei 9959 de 20 de Julho de 2010.

O bairro apresenta prédios de alto luxo, construídos a partir da segunda metade da década de oitenta, com gigantescas áreas de lazer (as maiores de Belo Horizonte, com verdadeiros clubes, já que os outros bairros da cidade são mais antigos e portanto têm estruturas mais simples ou menos espaçosas). Ruas largas, jardins, urbanismo impecável, todas as ruas com calçadas portuguesas, vistas impecáveis, envolto por montanhas e serras, um comércio forte concentrado na Avenida Mario Werneck (principal via do bairro), inúmeros bancos, inclusive as agências exclusivas para os segmentos de alta renda (Itaú Personalite, Bradesco Prime, BB Estilo), galerias, clínicas, supermercados gourmets (Verdemar e Supernosso Gourmet), restaurantes, dão ao bairro uma completa infraestrutura, fatores que atraem investidores e boa parte dos ricos de Belo Horizonte.


Atualidade[editar | editar código-fonte]

Atualmente é caracterizado pela presença de edifícios residenciais, lojas, bares e restaurantes. O metro quadrado no bairro é um dos mais caros de Belo Horizonte 3 . O bairro tem imóveis que ultrapassam o valor de 3,5 milhões de reais. Atualmente, o bairro abriga lares das famílias da classe alta belo-horizontina. Nos dias de hoje, as três ruas mais bem valorizadas do bairro são as ruas Engenheiro Alberto Pontes (com o m² mais caro do bairro), Professora Bartira Mourão e Líbero Leone; são nelas que estão os maiores, mais luxuosos e mais bem valorizados imóveis do bairro.

A beleza da região, as ruas arborizadas e a localização privilegiada são características que ainda hoje fazem do Buritis um dos espaços mais disputados da capital. Grandes jardins continuam a embelezar a fachada dos prédios luxuosos e ruas com passeios largos dão uma característica diferenciada ao projeto urbanístico local.

Com a intensa verticalização do bairro, os terrenos estão praticamente esgotados, motivo que valoriza mais os imóveis, entretanto nota-se um grande interesse das construtoras, com uma consequente expansão para regiões um pouco mais afastadas do centro comercial do bairro, sendo considerado por alguns moradores como um bairro anexo, o Buritis II.

História[editar | editar código-fonte]

A região onde se encontra o bairro Buritis era, até a década de 60, uma fazenda, do Sr. Aggeo Pio Sobrinho; também faziam parte da mesma os Bairros Palmeiras e Estrela D'alva; vizinhos do bairro Buritis .

Na década de 70, esta fazenda foi dividida e os terrenos foram vendidos. Nesta época a única maneira de se chegar ao local era através da avenida D. João VI, via bairro Palmeiras.

Já no início dos anos 80, a Construtora Alcindo Vieira (CONVAP-SA), lançou um grande empreendimento na região do Buritis. Segundo a construtora, aqui seria construído um condomínio fechado. Nesta época, a região era considerada Zona Residencial 2, ou seja, permitia-se a construção apenas de residenciais unifamiliares e horizontais. Abriu-se então a Av. Mário Werneck, as principais ruas do bairro e fez-se a ligação com a Av. Raja Gabáglia.

Origem[editar | editar código-fonte]

Lançado na década de 70 o Buritis, bairro da região Oeste, é um dos bairros que mais crescem em Belo Horizonte. Em 1987, chegou a ser considerado o maior canteiro de obras da capital. O ritmo das construções diminuiu, mas o bairro encabeça a lista dos que oferecem o maior número de unidades habitacionais, conforme levantamento do Instituto de Pesquisas Administrativas da Universidade Federal de Minas Gerais (IPEAD/UFMG), realizado em novembro de 2005. O Buritis é um bairro jovem, bem localizado, com infra-estrutura e vida próprias. Pelo menos é assim que boa parte dos moradores o descrevem. A localização privilegiada e a boa infra-estrutura da região também são motivos de orgulho e atraem compradores de imóveis. Mas nem sempre foi assim. As primeiras casas, projeto original do bairro, começaram a ser erguidas em 1981, mas, em 1985, a Prefeitura de Belo Horizonte alterou o tipo de zoneamento previsto na Lei de Uso e Ocupação do Solo, dando início à verticalização do lugar. Em pouco mais de 10 anos, a paisagem se transformou e centenas de empreendimentos se instalaram: bancos, universidades, supermercados, imobiliárias, bares, restaurantes, academias, farmácias e shoppings. A sua população teve um aumento considerável e hoje está estimada em mais de 17 mil habitantes. 4

Desenvolvimento e Infra Estrutura[editar | editar código-fonte]

Uma das características mais marcantes do Buritis é o grande número de empreendimentos comerciais, especialmente bares e restaurantes. Além disso, o bairro possui uma infra-estrutura completa em termos de escolas, academias, quadras e campos de futebol e tênis, universidades, shoppings, escritórios e cinemas. Três universidades, o UNI-BH, a UNA e a Newton Paiva, têm campus na região e recebem juntas mais de 20 mil alunos. Escolas de idiomas e colégios tradicionais como o Magnum e o Efigênia Vidigal estão no bairro desde 1997, e já possuem 2 unidades na região. Juntos os colégios oferecem do maternal ao 2º grau e atendem mais de mil alunos. O bairro recebeu em 2012 a presença do Colégio Batista Mineiro. O mais novo centro de compras da região é o Shopping Paragem, que tem 3 mil metros quadrados de área e foi projetado para receber mais de 80 mil clientes por mês, tanto do Buritis, quanto de outros bairros do entorno, como Palmeiras, Estrela d'alva, Estoril, Santa Lúcia, Mansões e Belvedere. O empresário Marcelo Mourão explica que o shopping foi implantado com base em pesquisas de mercado e de olho na necessidade de agregação de facilidades. Já que temos algumas deficiências no sistema viário que dificultam um pouco a entrada e saída do bairro, nada mais natural que agregar todos os produtos e serviços desejados pela população na própria região, salientou. 5

Religião[editar | editar código-fonte]

O bairro possui uma igreja católica, a Igreja de Santa Clara de Assis 6 . O bairro conta também com várias igrejas evangélicas e protestantes, como Assembléia de Deus, Batista e Presbiteriana. Vale citar também, que a Bola de Neve Church, elegeu o bairro para instalar a primeira sede de sua igreja em Minas Gerais.

Acesso ao bairro[editar | editar código-fonte]

Os principais acessos ao bairro são a Avenida Nossa Sra. do Carmo, Avenida Raja Gabaglia, Avenida Barão Homem de Melo e o Anel Rodoviário. A principal via do bairro, onde se situa o complexo comercial, é a Avenida Prof. Mário Werneck.

Trânsito[editar | editar código-fonte]

O tráfego ruim da região tem se agravado, uma vez que o trânsito do bairro foi mal-planejado em razão da enorme população que alí se desenvolveu. O deslocamento em torno da avenida Mário Werneck tende a ficar paralisado em horários de pico.

Com a alteração no coeficiente de construção, muitas empreiteiras e construtoras viram uma grande possibilidade de lucro em novos empreendimentos, tanto em construções residenciais quanto em comerciais. As construções, que até então não passavam de simples edificações de três andares nas ruas secundárias que convergiam em sua avenida principal, a Professor Mário Werneck, foram sendo substituídas por grandes edifícios. Isso representou um grande problema em relação ao gerenciamento público, principalmente aos gestores da empresa responsável pelo tráfego da capital – a Bhtrans – que curiosamente tem uma de suas sedes instalada no bairro.

A instalação de duas grandes instituições de ensino superior, entre elas o campus sede do Uni-BH, agravou ainda mais o problema, principalmente nos horários de entrada e saída dos alunos, quando andar a pé se torna mais eficiente do que qualquer outro meio de transporte motorizado. Todavia, este número incontável de alunos acabou por desenvolver o comércio do bairro, que viu multiplicada a potencialidade do local. Isso pode ser percebido hoje no grande número de lojas e centros-comerciais instalados ao redor destas instituições, e o Buritis tornou-se uma grande referência em comércio de bairro no município.

Pontos comerciais e financeiros[editar | editar código-fonte]

No Buritis estão alguns shopping centers de Belo Horizonte, como o Shopping Paragem, que é um dos shoppings mais novos em operação na cidade, situado na Av. Mario Werneck; Espaço Buritis, situado na mesma avenida, bem próximo ao Shopping Paragem; e o Maxximus, situado em frente ao Parque Aggeo Pio Sobrinho. O bairro também conta com agências dos principais bancos atuantes no Brasil, agência dos Correios e Casas Lotéricas.


Opções de lazer[editar | editar código-fonte]

Além das inúmeras opções de bares e restaurantes, o bairro conta com o Shopping Paragem, que apresenta outras opções de restaurantes. O bairro possui, ainda no Shopping Paragem, um cinema, administrado pela Cineart, equipado com 5 salas, sendo uma delas em 3D (considerada a melhor sala 3D da cidade). O bairro abriga ainda o Parque Aggeo Pio Sobrinho, que é utilizado pelos moradores do bairro, entre eles próprios, para a prática de esportes. É considerado um dos parques mais bonitos da cidade. Outra recente novidade do bairro é a instalação do Clube Chalezinho, sofitiscada e tradicional balada da capital mineira, reduto dos jovens da cidade.

Gastronomia7 [editar | editar código-fonte]

O jovem bairro é repleto de estabelecimentos entorno da Av. Mário Werneck que oferecem boa alimentação, locais para encontro e bate-papo com os amigos e também lanchonetes para uma refeição rápida e de boa qualidade. Com cardápios diferenciados atendem paladares de todos os gostos.

Os barzinhos são pontos de encontro do público universitário que movimenta a região durante a semana, dentre eles a Cervejaria Zero Grau, Bar Intervalus, Engineering Hostel, Classe e Aloha Scoth Bar.

A melhor loja de açaí de BH , a rede açaí.com situado na rua José Rodrigues Pereira, 1278

Entre os restaurantes podemos citar: a Churrascaria Boi Vaca, o Esbórnia, Intervalo, Rancho Fundo, o Allegro Tavola, o Maximus, a Pizzaria Papatutti, Pio Braziliano, Pizzaria Mangabeiras, Pizzaria Pomodori, Quiznos, Subway, Mc Donald's, Divina Pizza, Momo Confeitaria, Boca do Forno, Cia. da Empada, Point do Milk Shake, Chalé da Mata, Boi Zé, Hot Grill, Churrascaria Buritis e muitos outros.


Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.